Idosos, fortalecendo os músculos

       Na luta contra a falta de atividade física, pelos idosos, uma das regras é banir  a inércia. Desde jovem, é recomendável incluir em suas rotinas a prática de exercícios físicos — eles são essenciais para um corpo saudável. Nos últimos 20 anos  surgiram várias academias de preparação física,  isto é um incentivo a mais para todos, inclusive os idosos.  Aliás, eles são os que mais necessitam manter o fortalecimento dos músculos, principalmente, os da perna; condição elementar para uma livre locomoção.

     Contudo, o mais importante a ser considerado, consiste no fato de que um bom preparo físico contribuirá para controlar as doenças crônicas que  surgem após os 50 anos, inclusive o combate à hipertensão, diabetes e  alguns fatores que ensejam o aparecimento do risco de câncer. Assim, o fortalecimento muscular por meio de exercícios direcionados aos idosos ajudará na resistência corpórea; diminuirá o risco da perda do equilíbrio, incidências de  quedas, evitando as  fraturas ósseas — demais situações que deixam os idosos mais tristes, depressivos e ansiosos.

    O professor Marcio Atalla recomenda “não só investir no fortalecimento muscular, mas na atividade física por darem ao idoso melhor equilíbrio, uma boa condição cardiovascular e sensível melhora no emocional”. Porém, é propício que o idoso tome conhecimento  se sofre de osteoporose ou artrite reumatoide; é comum tomar conhecimento dessas doenças somente  após uma queda.

   Buscar o fortalecimento dos  músculos corporais  é muito importante para os idosos, a ciência já comprovou a importância para o  melhor funcionamento do coração. Caminhadas, atividades na água, alongamento, dança e musculação são atividades que desenvolvem flexibilidade, equilíbrio e força muscular, elas são fáceis de realizar e não causam lesões. Contudo, nunca inicie nada sem a adequada orientação médica.

      Por último, lembrar de  beber água o suficiente para se manter hidratado é importante para as pessoas da terceira idade, pois desidratam com maior facilidade. Afinal, não é sem razão que o bom funcionamento dos músculos, cérebro e coração dependem da água que ingerimos. E, como dizem os jovens: vá  fundo!

Manaus,  23 de maio de 2023

JOSÉ ALFREDO FERREIRA DE ANDRADE

Ex- Conselheiro Federal da OAB/AM nos Triênios 2001/2003 e 2007/2009 – OAB/AM 

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário