1 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Caderno: Frente & Perfil

Brasil deve registrar crescimento no PIB de pelo menos 1,8%

Já é praxe. Vez por outra, somos surpreendidos por anúncios sobre o PIB, ora em situações de queda, ora em crescimento. Agora, as previsões são mais favoráveis, segundo estimativas do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada). Este ano, o PIB brasileiro deverá atingir crescimento de 1,8%, chegando a 1,3% de crescimento em 2023, aponta o Ipea. Ontem, a instituição divulgou a Visão Geral da Conjuntura, análise trimestral da economia brasileira. Segundo o instituto, o destaque será para o setor de serviços, com estimativa de alta de 2,8%, enquanto os setores de agropecuária e industrial devem mostrar relativa estabilidade. Do lado

Plano destina R$ 340,8 bilhões para atividades agropecuárias

O governo federal lançou, ontem, o Plano Safra 2022/2023, que vai disponibilizar um total de R$ 340,88 bilhões em financiamentos para apoiar a produção agropecuária nacional até junho do próximo ano. O valor, segundo o Ministério da Agricultura, representa aumento de 36% em relação ao Plano Safra anterior, que disponibilizou R$ 251 bilhões a produtores rurais. O novo plano foi anunciado durante cerimônia no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Jair Bolsonaro, do ministro da Agricultura, Marcos Montes, além de diversas outras autoridades. Do total de recursos disponibilizados, R$ 246,28 bilhões serão destinados ao custeio e comercialização, uma alta

Em ano de eleições, consumidor recebe mais pacote de bondades

As bondades sempre aparecem nos anos de eleições. E o governo vem aumentando benefícios que prometem melhorar a vida da população, ação bem característica dentro do plano estratégico para a reeleição do atual presidente. Agora, os consumidores de energia elétrica terão aumentos menores nas contas de luz. O presidente Jair Bolsonaro sancionou, sem vetos, a Lei 14.385, publicada ontem no Diário Oficial da União. Aprovado pela Câmara dos Deputados no início do mês, o texto estabelece a devolução do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços, imposto estadual, incluído na base de cálculo do PIS (Programa de Integração Social) e

Governo avalia que o pior momento da inflação já passou

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse ontem que “o pior momento da inflação já passou”, e que, graças ao histórico de convívio que o Brasil teve com altos índices inflacionários, a autoridade monetária brasileira conseguiu “sair na frente”, adotando ferramentas capazes de frear o processo inflacionário. As afirmações foram feitas durante o painel Erosão da Ordem Pública Internacional e o Futuro, no Décimo Fórum Jurídico de Lisboa, na capital portuguesa. Durante o discurso, Neto lembrou que o Brasil “é um dos poucos países que no meio desse processo está tendo revisões para cima” do PIB (Produto Interno

Falta de insumos para realização de exames preocupa hospitais no País

A CNSaúde (Confederação Nacional de Saúde) alertou nesta semana, em nota, sobre a possibilidade de faltar insumos médicos e materiais para exames nos hospitais do País. Segundo a entidade, o quadro vem se agravando nas últimas semanas. Além disso, a instituição citou descontinuidade do abastecimento de contrastes e a escassez no abastecimento de soro hospitalar e de soluções parenterais. “O aumento da demanda neste momento, reprimida por pedidos de exames de imagem durante a pandemia da Covid-19, é apontada como uma das causas. A CNSaúde entende que tal fator já deveria estar na previsão de todos os atores do setor”, afirmou

Nunca convivemos com tanto sentimento de insegurança

O crime organizado continua mantendo suas atrocidades em Manaus, matando sumariamente seus rivais nas barbas da polícia, que se mostra impotente para frear a violência. Ontem, foi morto o filho de um traficante famoso, que expandiu o seu reinado a partir do bairro da Compensa, zona oeste da cidade. Ele foi torturado e ainda decapitado, algo que choca e espalha o terror. Incrível como as facções criminosas se expandem, mantendo suas próprias regras e eliminando quem não se adapta às suas exigências. O tribunal do crime age livremente. Mata em plena rua, invadindo até casas para eliminar seus eventuais desafetos.

Petróleo despenca e derruba ações da Petrobras

Exploração de petróleo prevê investimentos de R$ 3,3 bilhões

Os investimentos previstos pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) na fase de exploração de petróleo e gás, envolvendo atividades de blocos sob contrato, este ano, totalizam R$ 3,366 bilhões, dos quais R$ 2,625 bilhões serão investidos em 30 poços exploratórios, R$ 184 milhões em levantamentos geofísicos e R$ 557 milhões em atividades acessórias. Os dados constam da segunda edição do Relatório Anual de Exploração 2021, divulgado ontem pelo diretor da ANP, Fernando Moura, durante o 2º Seminário Instrumentos de Divulgação de Informações sobre Exploração de Petróleo e Gás Natural. O coordenador de Regulação da SEP (Superintendência

Câmara enviará comissão para visitar o Vale do Javari

As mobilizações em defesa da proteção da Amazônia ganham, hoje, maior visibilidade no cenário nacional e internacional, principalmente após o assassinato do jornalista britânico Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira na região do Vale do Javari, no município de Atalaia do Norte, no Amazonas. Isso já é um fato. Infelizmente, porém, foi necessário um episódio tão brutal, com requintes de tanta crueldade, para todas as lideranças mundiais se voltarem mais para uma região alvo de facções criminosas, que agem protegidas pela densa floresta para cometer todo tipo de atrocidades. Phillips e Bruno sempre denunciaram essas operações ilegais. Mas suas

Procuradoria defende continuidade de investigações no Javari

Parece que desta vez é para valer. O procurador-geral da República, Augusto Aras, defendeu a continuidade das investigações sobre o assassinato do indigenista Bruno Araújo Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips, para que sejam avaliadas as possíveis conexões entre os envolvidos e as organizações criminosas que atuam na Região Amazônica. No domingo (19), Aras esteve em Tabatinga (AM), onde participou de reuniões com lideranças indígenas, procuradores da República lotados no Estado, além de autoridades estaduais e federais responsáveis pela investigação do duplo assassinato. “Deixamos claro o nosso apoio e nosso compromisso em contribuir para que o caso seja totalmente

Câmara aprova fundo de investimento do setor agropecuário

Agronegócio pressiona para aumentar seu raio de ação

O agronegócio responde, hoje, por quase 50% de todo o PIB nacional, possuindo um lobby forte no Congresso Nacional para ampliar o seu raio de ação. Esta semana, a FPA (Frente Parlamentar da Agropecuária) elegeu como pautas prioritárias para o Senado em 2022 os projetos que alteram os marcos regulatórios da regularização fundiária, do licenciamento ambiental e dos agrotóxicos. Todas matérias já foram aprovados pela Câmara dos Deputados, mas sofrem divergências entre entidades e parlamentares ligados à pauta ambientalista. Representantes da FPA apresentam pontos de interesse do setor. O projeto que altera o marco da regularização fundiária é defendido pelo presidente da

Impacto dos combustíveis será o principal mote de campanha

A escalada dos combustíveis deverá ser o principal mote de campanha nas próximas eleições. Os candidatos investirão mais nesse discurso para convencer o eleitor a depositar o seu voto em quem defende a bandeira por menores preços na gasolina, etanol e no diesel. Até o ex-presidente Lula, que cresce nas intenções de voto para a Presidência (segundo pesquisas), tem sido visto defendendo essa luta. O governo Jair Bolsonaro (PL) pressiona lideranças do setor para baixar os valores, mobilização vista como extremamente eleitoreira na campanha pela reeleição. Ontem, Câmara dos Deputados concluiu a votação do Projeto de Lei Complementar (PLP) 18/2022,

Ninguém se sente mais seguro com a violência desenfreada

É factível. Ninguém mais está seguro nas ruas e nem em casa. Os bandidos atacam em todos os lugares. Não há um só dia em Manaus que não se registre um crime hediondo. Corpos aparecem boiando em rios e igarapés. Vítimas são encontradas enroladas em sacolas plásticas, muitas vezes até esquartejadas. Tanta violência promove todos os tipos de impactos na população. Os transtornos mentais aumentaram consideravelmente nestes dias de tantas barbáries. Começaram durante a pandemia e se agravaram ainda mais nesta época de grandes dificuldades.  Falta emprego. A expectativa de vida é precária. Estratos sociais já convivem em situações de