30 de junho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Caderno: Crônica

Exercício de alta pavulagem

Idalina é amazonense e mora há décadas em Copacabana. Ela saiu de Manaus, mas nossos costumes e gostos culinários permanecem de modo atávico  e para sempre em Idalina. Vez por outra convida os sobrinhos para um tacacá e tem uma receita de pirarucu de casaca inigualável. Kellyannne, uma jovem sua conhecida da praia, pagou dez mil reais para sair de destaque numa escola de samba. Foi neste último  carnaval. O desfile ocorreu nos feriados de 21 de abril.  Idalina, com sua proverbial sinceridade, foi logo dizendo: – Mas é muita pavulagem! Ainda mais num carnaval em abril. Fora de época!

Princesa Isabel assinou a Lei Áurea

Comemora-se mais um 13 de maio. Libertação dos escravos. Isabel, a redentora, tem gerado debates acalorados entre os historiadores. Alguns acusam a princesa por não ter sido mais incisiva e enérgica contra a escravidão. Para a historiadora Mary del Priore, Isabel era “uma aristocrata sem interesse na política e desconectada da causa abolicionista.” Pessoalmente não concordo. Foi ela a responsável por assinar as leis do Ventre Livre e a Lei  Áurea, em 1871 e 1888,  respectivamente.  Primeira senadora brasileira e primeira mulher a assumir uma Chefia de Estado no nosso país. Penso que de fato, era abolicionista. Há registros de que financiava com

Mudam-se denominações. E a verdade histórica?

Manuel Bandeira em seu poema Evocação do Recife poetiza: Rua da União… / Como eram lindos os nomes das ruas da minha infância./Rua do Sol (Tenho medo que hoje se chame de dr. Fulano de Tal). Atrás de casa ficava a Rua da Saudade…/Do lado de lá era o cais da Rua da Aurora… Aqui em Manaus, a Rua Henrique Martins se chamou Rua do Sol e a Saldanha Marinho Rua da Lua.  A avenida das Torres foi nomeada de Governador José Lindoso. Mas muitos continuam a chama-la pelo antigo nome. O mesmo ocorre com as ruas Recife e Paraíba.

Não esqueça sua rede

Época de Natal e final de ano. Muitas pessoas viajando para passar as festas em família. É possível que mais da metade da população manauara não tenha nascido na cidade. Muitos são do interior do estado. Há milhares que são brasileiros de outras unidades da federação. Além dos muitos estrangeiros.   Boa parte desse pessoal sai da cidade por via aérea. Mas há muitos amazonenses que vão visitar seus parentes no interior do estado viajando nos famosos barcos chamados de motor de linha. Viajar de “motor” precisa ser caboclo raiz. Os barcos levam horas e até dias para chegar ao destino.

O afeto em tempos de pandemia

O afeto em tempos de pandemia

Uma das condições de felicidade está na demonstração de afeto. Abraços, beijos e outros gestos de carinho podem transmitir paz, tranquilidade, confiança. Podem até nos curar. Fiquei intrigado com cena de um seriado sobre a família real britânica. A falecida princesa Diana pede uma audiência com sua sogra, a rainha Elizabeth II. Foi pedir apoio, orientação e afeto. Seu casamento estava em crise. A rainha foi extremamente fria. Ao final do encontro, a soberana levanta-se, como indicando que a conversa se encerrava ali. De repente, Diana se aproxima da sogra e lhe dá um abraço. A rainha parece ter ficado

https://www.jcam.com.br/Upload/images/Noticias/2020/1%20SEM/02%20Fevereiro/13/amazonia-ciclovivo.jpg

Amazônia, rios de riqueza

O ser humano é desbravador e conquistador. Nômade, caso necessário, principalmente pelas necessidades do estômago

https://www.jcam.com.br/Upload/images/Noticias/2020/1%20SEM/01%20Janeiro/18/cpro%20417.jpg

Torcedora bissexta

Tia Idalina é torcedora bissexta, então deveria torcer para a seleção sub-23, a seleção de juniores, nas Olimpíadas

https://www.jcam.com.br/Upload/images/Noticias/2020/1%20SEM/01%20Janeiro/13/cpro%20767.jpg

Excludente de ilicitude

Até que ponto é preciso impor limites às crianças, e quando seria aceitável a proibição delas em certos locais?

https://www.jcam.com.br/Upload/images/Articulistas%201/Pedro%20Lindoso.jpg

Desculpe aí patroa!

Quando Elizabeth II visitou o Brasil em 1968 a segurança descobriu um "gato" na Embaixada Britânica no Rio