1 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Caderno: Artigos

Atividades para acalmar crianças autistas

*Psicopedagoga Luciana Brites Lidar com as emoções nem sempre é fácil. Para as crianças pode ser ainda mais complicado. Já quando estas são autistas, torna-se um grande desafio. Além disso, elas podem ter dificuldade em reconhecer suas emoções e vinculá-las aos eventos que as causaram. Muitas crianças com autismo possuem dificuldade em organizar, interpretar e responder apropriadamente às informações sensoriais. Assim, eles têm sistemas sensoriais que reagem de forma exagerada ou insuficiente. Com isso, podem reagir de maneira inesperada a sons, toque e textura. Pessoas com autismo podem sofrer com uma sobrecarga sensorial. Ela descreve a experiência que uma criança

ABORDAGEM HISTÓRICA SOBRE O PORVIR (II)

*Bosco Jackmonth Convém discorrer sobre a que se refere o título. Diga-se que historiadores estudam o passado não para poder repeti-lo, e sim para poder se livrar dele quando convém. Considere-se, que a história tem o objetivo de nos livrar dessa submissão ao passado. Ao observar a cadeia acidental de eventos que nos trouxe até aqui, nos damos conta de como nossos pensamentos e sonhos ganharam forma – e podemos começar a pensar de modo diferente. Resta, o estudo da história não dirá qual deve ser nossa escolha, mas ao menos nos dará mais opções. Mas, se a rigor, a

PARADOXOS

Carlos Silva A mídia televisiva aberta, dramática, populista, sensacionalista e com um viés político-ideológico do lado A ou do lado B, possui as armas ideais para manipular muitos incautos e alguns ignorantes. Não me incluo neste universo, por isso não as assisto. Mas, pensando melhor, vê-se que alguns canais ganham rios de dinheiro pelas somas enormes cobradas dos patrocinadores e este contratam os programas que possuem maiores audiências. E como a maioria assiste, todos ficam felizes: os canais, os patrocinadores e o telespectadores. Quando digo os canais, digo os donos, porque os colaboradores rezam apenas para manter o seu emprego.

Como a análise de dados a partir de textos escritos pode aperfeiçoar o desempenho do setor industrial

*Por Maria Clara Duque Quando falamos sobre análise de dados, as pessoas costumam imaginar que as informações contidas nela estão atreladas apenas aos números. Porém, os textos escritos feito por meio de anotações de observação dos profissionais durante as atividades operacionais também são considerados “dados” e podem auxiliar no complemento de relatórios a fim de atribuir informações úteis de serem exploradas pela indústria futuramente. Um exemplo que pode ser usado para explicar sobre a relevância dessas observações é o de operações de perfuração. Geralmente costumam ser atividades custosas e, por esse motivo, o monitoramento contínuo delas torna-se necessário para reduzir as

RIO BRANCO, SPYKMAN E O ABC

Breno Rodrigo de Messias Leite As peculiaridades da formação da nacionalidade brasileira, iniciada no processo de Independência, em 1822, contam com um tipo de relacionamento errante, irregular e instável com os países circunvizinhos da América do Sul. A única monarquia, cercada por repúblicas, viu nascer, na região platina, as rivalidades históricas que por força da geografia provocariam necessariamente relações de paz ou de guerra nas relações internacionais. Neste percurso constitutivo das nações latino-americanas, a via da guerra evidenciou-se como um imperativo momentâneo para a consolidação das fronteiras nacionais herdadas das antigas metrópoles ibéricas (Espanha e Portugal), isto é, das fronteiras

Proteção contra golpes financeiros em idosos no Amazonas

Quando o ser humano chega à melhor idade, ele fica mais suscetível a tentativa de golpes. Infelizmente essa é a realidade de brasileiros que enfrentam diariamente o desafio de driblar quadrilhas especializadas em desviar recursos financeiros de contas de pessoas que já possuem certa idade avançada. Antigamente, era comum ver vários golpistas em frente ou até mesmo dentro de bancos, aguardando apenas uma vítima para abordar. Essas vítimas, geralmente, eram idosos que iam às unidades bancárias para receberem suas aposentadorias ou pensões, dinheiro responsável por toda sua renda mensal. Sem uma vigilância completa, quadrilhas conseguiam concluir seus golpes e os

Direito de Privacidade & Aborto

Roe v Wade  – Dobbs v Jackson Klara Castanho v Sociedade No ultimo dia 24 de junho, a Suprema Corte dos EUA em decisão histórica na  julgar o caso Dobbs v Jackson revisou dois de seus mais controversos pronunciamentos: Roe v Wade e Planned Parenthood v Casey, ambos tratando do direito da mulher de determinar o encerramento de gestação, noutros termos do direito ao aborto.   Roe v Wade foi um dos mais acalorados e debatidos casos que a Suprema Corte já se deparou, inciou com a discussão da constitucionalidade de uma Lei do Texas que, a semelhança de outros

Falta liderança, sobram conflitos

Cidadania ativa

*Augusto Bernardo Cecílio    O Programa de Educação Fiscal tem seu foco na cidadania ativa, na participação efetiva do cidadão no desenvolvimento socioeconômico, no entendimento do mecanismo administrativo-tributário da máquina estatal e na busca permanente do controle social da gestão governamental.    Sua criação foi um fato inovador, destinado a despertar uma consciência voltada para o pleno exercício da cidadania, baseado na construção de uma sociedade mais justa, igualitária e democrática.    Ensinar e estimular a cidadania só tem sentido como testemunho e prática de conhecimentos que levem à ação. Assim, é como usina geradora de conhecimentos que a escola ganha sentido. O

Etiqueta em processos seletivos

Nosso dia a dia aqui na Paula Pedrosa Headhunter é lidar com vagas de emprego. Sejam pessoas procurando emprego, sejam empresas buscando por profissionais. Nossa equipe de Recrutamento & Seleção trabalha diversos processos seletivos ao mesmo tempo, para diversas empresas e diversos níveis de vagas. E ao longo dessa nossa rotina profissional, nos deparamos com muitos acertos, mas infelizmente muitos erros também. Minha ideia hoje é ajudar você a não errar nos processos seletivos. Não vamos falar somente sobre o momento da entrevista em si, mas sobre o processo seletivo completo. O primeiro passo que será verificarem seu currículo. Dessa

A ZFM no Estadão – Parte II

Por Juarez Baldoino da Costa (*) Na edição de 27/06/2022 o jornal O Estado de S. Paulo publicou respeitável opinião conjunta de Horacio Lafer Piva, Pedro Passos e Pedro Wongtschowski sob o título “A Zona Franca de Manaus em busca de um futuro”. O artigo comenta a ZFM em tópicos, parte deles a seguir ordenados, que, a título de contribuição, se pode estender com outras visões, aqui intituladas como Parte II. São eles: Isenções totais de R$ 60 bilhões/ano para 450 empresas Como nenhuma empresa paga impostos, mas apenas repassa o valor dos tributos incluído nos preços, os únicos beneficiados

Governo Bolsonaro, a Legião das Trevas

A História mostra que a população padece quando governada por militares, líderes religiosos ou pessoas apoiadas por eles, explorando o nome de divindade(s), se dizendo filho ou o escolhido por Deus, promiscuindo fé, política e militarismo.  Eis o que pode acontecer com lideranças desta natureza: a) o General e Imperador romano, Júlio César, se dizia filho de Vênus e Eneas, mas foi assassinado pelos Senadores; b) o Califa Al Hakim que adotou o nome de Al Hakim Bi Amr Allan, mostrando-se como “Aquele que governa pela ordem de Deus”. Instável, perseguiu cristãos e judeus, destruiu templos, matou peregrinos, etc.., mas

DITAR

O terrorista Cesare Battisti na semana passada confessou que o ex-presidente Lula tinha ciência dos seus crimes, mesmo assim lhe concedeu asilo político. Battisti ao chamá-lo de cínico foi mais longe: “Lula é cínico e capaz de fazer tudo para ser presidente”. Ele não disse nenhuma novidade…Lula tem uma condenação confirmada por duas instâncias e seus crimes não foram anulados. O terrorista italiano assumiu todos seus delitos depois de extraditado, enquanto o ex-presidiário Lula tem a proteção do STF – nunca foi absolvido das acusações; tanto que cumpriu dois anos de pena.  Como explicar  aos futuros  jovens que um ex-presidiário