Lucro líquido registrado pela Visanet no terceiro trimestre cresce 34,8% sobre 2008

A VisaNet (Companhia Brasileira de Meios de Pagamento) registrou lucro líquido de R$ 396,7 milhões no terceiro trimestre de 2009, um crescimento de 34,8% em relação ao mesmo período do ano passado. A receita operacional líquida da Companhia somou R$ 924,4 milhões no período encerrado em setembro, um aumento de 28% sobre o mesmo trimestre de 2008.
O EBITDA (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) Ajustado no terceiro trimestre foi de R$ 626,6 milhões, um aumento de 37,9% em relação ao mesmo período de 2008. A Margem EBITDA Ajustado atingiu o recorde de 67,8% no trimestre encerrado em setembro, um aumento de 4,9 pontos percentuais em relação ao mesmo período do ano passado.
“Esse desempenho positivo é resultado da contínua expansão da nossa receita, combinado com um minucioso controle dos custos e das despesas operacionais”, declarou o presidente e diretor de Relações com Investidores da VisaNet, Rômulo de Mello Dias. “Mantivemos nosso objetivo de crescer em todos os segmentos de mercado em que atuamos”, completou.
A VisaNet lidera o segmento de cartões de pagamento no mercado brasileiro em termos de volume financeiro de transações. No terceiro trimestre de 2009, o volume financeiro de transações da companhia totalizou R$ 54,2 bilhões, um aumento de 21,3% na comparação com o mesmo período de 2008. As transações com cartões de crédito processadas pela VisaNet somaram R$ 34,2 bilhões até setembro, crescimento de 20,8% sobre o terceiro trimestre do ano passado. Já o volume financeiro das transações com cartões de débito processadas pela empresa alcançaram R$ 20 bilhões, 22,1% acima do volume registrado no período encerrado em setembro de 2008.
Rômulo Dias destaca que a VisaNet registrou crescimento acima do mercado nas suas principais fontes de receita, como captura, transmissão, processamento e liquidação financeira das transações realizadas com cartões de crédito e de débito da bandeira Visa ao longo do terceiro trimestre. Além disso, parte do faturamento da empresa é proveniente das receitas com aluguel de equipamentos e da antecipação de recebíveis aos clientes.
No terceiro trimestre, a receita de transações com cartão de crédito alcançou R$ 512,4 milhões, um aumento de 22,1% na comparação com o mesmo período do ano passado. Já a receita de transações com cartão de débito somou R$ 155,9 milhões no trimestre encerrado em setembro, um crescimento de 19,9% em relação ao mesmo exercício de 2008. A receita com aluguel de equipamentos totalizou R$ 268,1 milhões até setembro, valor 17,3% acima do registrado no terceiro trimestre de 2008.
“O aumento do consumo no país, o uso crescente dos cartões como meio de pagamento, o crescimento do número de estabelecimentos credenciados e, principalmente, o ganho de market share são os principais responsáveis pela elevação das nossas receitas”, afirmou Dias.
A antecipação de recebíveis foi outra importante fonte de receida da VisaNet. O volume financeiro das transações antecipadas no terceiro trimestre alcançou R$ 1,6 bilhão. Descontando o valor das contas a receber dessas operações, a receita líquida da companhia com antecipação de recebíveis foi de R$ 56,7 milhões no trimestre encerrado em setembro, um aumento de 3.111% em relação a setembro de 2008, quando essas operações foram iniciadas.
Presente em todo o território nacional, a VisaNet chegou a setembro de 2009 com operações em 5.427 dos 5.564 municípios brasileiros, o que corresponde a uma cobertura de 97,5% do país e mais de 1,6 milhão de estabelecimentos cadastrados.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email