Demanda do consumidor começa 2010 em baixa, aponta pesquisa do Serasa

Depois de dois meses seguidos de alta, devido aos gastos nas festas de final de ano, a quantidade de pessoas que procurou crédito em janeiro caiu 1,1% no comparativo com o mês anterior, de acordo com o indicador da Serasa Experian divulgado ontem.
No confronto com o mesmo mês do ano passado, a demanda do consumidor por crédito avançou 14%, mas vale lembrar que no primeiro trimestre de 2009 o mercado de crédito estava retraído e a confiança dos consumidores estava baixa.

Com exceção da faixa de renda pessoal mensal compreendida entre R$ 1.000 e R$ 2.000, cuja demanda por crédito cresceu 0,4% em janeiro, todas as demais apresentaram queda no mês passado. As reduções mais acentuadas foram observadas nas camadas de menor rendimento, com retração de 1,0% entre os consumidores cuja renda pessoal mensal é de até R$ 500 e de 3,1% para quem recebe entre R$ 500 e R$ 1.000.
No outro extremo, houve diminuição de 0,6% (rendimento mensal entre R$ 2.000 e R$ 5.000) e de 0,5% (entre R$ 5.000 e R$ 10.000 e com renda superior a esse patamar).

Na comparação com janeiro de 2009, a demanda por crédito na baixa renda (até R$ 500) registrou alta de 1,9% -a primeira variação positiva, neste critério de comparação, após 13 meses consecutivos de variações anuais negativas.
As regiões Norte e Nordeste, com quedas de 7,9% e 4,8%, foram os destaques da queda na procura por crédito em janeiro ante o mês anterior. Na comparação anual, houve crescimento em todas as regiões, indo de 10,0% (Norte) até 15,6% (Centro-Oeste).

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email