4 de dezembro de 2021

Um precedente perigosíssimo

Em processo sumário, a Câmara Municipal de Itacoatiara cassou o mandato do vereador Robson Siqueira Filho (PV). Oficialmente a informação é de que ele quebrou o decoro ao acumular irregularmente cargos públicos, inclusive fora do município. Nos bastidores não há dúvidas que a cassação ocorreu por ordem do prefeito Mário Abrahim (PSC), uma vez que o parlamentar vinha fazendo oposição sistemática a sua administração, já tendo conseguido movimentar os órgãos de fiscalização para suspender ou cancelar licitações eivadas de suspeitas. Na maior cidade do interior amazonense corre à boca miúda que quem manda mesmo na Prefeitura é o filho do prefeito, Thiago Abrahim, que atua como eminência parda nos processos licitatórios. Foi ele quem chamou os 12 vereadores que votaram pela cassação e deu as diretrizes, abrindo um precedente perigosíssimo, que deve ser barrado pela Justiça. Afinal, a partir de agora, qualquer prefeito incomodado com a atuação de vereadores pode manobrar para cassar os desafetos.

MAIS UM

Em Manaus a Justiça Eleitoral cassou o mandato do vereador Sandro Maia (DEM), acusando-o de usar uma entidade filantrópica para obter vantagens eleitorais. Foi apenas o terceiro político cassado no Estado por este motivo. Em 2010 o então deputado Nelson Azedo e seu filho, Nelson Amazonas, também perderam os mandatos pelo mesmo motivo. Só que tem muito mais gente fazendo o mesmo.

OLHO NO FUTURO

bioeconomia
Foto: Márcio Gallo/Suframa

Os caminhos assertivos para o avanço da bioeconomia amazônica, os entraves que impactam o pleno desenvolvimento deste segmento econômico na região e o potencial dos setores que podem se beneficiar dos insumos regionais, como o de cosméticos, pautaram reunião promovida pela Federação da Agricultura e Pecuária do Amazonas. O debate ocorreu em meio à 2ª reunião do Comitê de Apoio ao Desenvolvimento do Agronegócio no Amazonas, realizada em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Amazonas.

PREVIDÊNCIA

Com a aproximação do prazo final de dois anos para que o Estado e municípios se adequem ao Regime de Previdência Complementar, o Tribunal de Contas do Amazonas divulgou a nota técnica 4/2021 orientando os jurisdicionados a como realizar o procedimento migratório. Definida pela Emenda Constitucional 103/2019, em vigor desde 13 de novembro de 2019, a adequação ao novo modelo é fundamental para que os entes jurisdicionados não percam o Certificado de Regularidade Previdenciária, documento necessário para que os entes possam realizar transferências voluntárias, acordos, contratos, convênios, empréstimos, entre outros. O prazo final para adequação é em 13 de novembro de 2021.

FESTIVAL

A partir hoje, a primeira edição do Festival Amazonas de Turismo vai proporcionar ao público uma programação variada com apresentações culturais, espaço gastronômico, palestras gratuitas, novas oportunidades de negócios e fomento ao turismo. O evento ocorrerá das 15h às 21h, até o domingo (26), no Centro de Convenções Vasco Vasques, localizado na avenida Constantino Nery, 5.001, Flores.

ARTE INDÍGENA

Uma cerimônia cheia de simbolismo e resgate histórico marcou a abertura da primeira “Mostra de Arte Indígena” da capital, no Palácio Rio Branco, Centro. O espaço, localizado na praça Dom Pedro II, é um local sagrado para os povos indígenas, onde se encontra o memorial Aldeia da Memória Indígena, inaugurado em abril, pelo prefeito David Almeida (Avante). O evento abriu a programação de atividades para a celebração dos 352 anos de Manaus, que serão comemorados no dia 24 de outubro. 

O PRIMEIRO

A Universidade Federal do Amazonas está finalizado o primeiro prédio totalmente equipado com energia solar do Amazonas, por meio do Grupo de Pesquisa em Energia, Clima e Desenvolvimento Sustentável. O reitor reeleito Silvio Puga é um entusiasta de primeira hora dessa ação estratégica. O mundo e o clima agradecem.

PARCERIA

parceria
Foto: Diego Queiroz/Suframa

Dirigentes da Superintendência da Zona Franca de Manaus e do Serviço Geológico do Brasil reuniram-se na sede da Suframa, a fim de discutir temas de interesse mútuo para fortalecimento de parcerias institucionais em áreas sensíveis à atuação dos dois órgãos, tais como mineração, óleo e gás, recursos hídricos, bioprodutos, planejamento e comunicação estratégica, entre outras.

CRESCENDO

De janeiro a agosto de 2021, o  Instituto Municipal de Planejamento Urbano acumula 935.986,53 metros quadrados de área licenciada com alvará de construção, com uma variação de 113% em relação a 2020. No ano passado foram 440.148,67 metros quadrados em alvarás expedidos pela autarquia.

FRASES

decreto

“Precisamos promover um pacto mundial pela Amazônia.” Wilson Lima (PSC), governador do Amazonas

plínio

“Vejo nele a pessoa ideal para comandar o barco nesse momento de tempestade.” Plínio Valério (PSDB), senador, manifestando apoio ao colega Tasso Jereissati (CE) nas prévias do partido para presidente da República

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email