4 de dezembro de 2021

“O Centro hoje está favelizado”, diz Elias

Durante seu discurso ontem (26), na tribuna da CMM (Câmara Municipal de Manaus), o vereador Elias Emanuel (PSB), chamou a atenção para a grande confusão que se tornou o Centro de Manaus

Durante seu discurso ontem (26), na tribuna da CMM (Câmara Municipal de Manaus), o vereador Elias Emanuel (PSB), chamou a atenção para a grande confusão que se tornou o Centro de Manaus, com todo tipo de desordem econômico e social e o descaso que tomou conta do local nos últimos anos e fez votos para que a Prefeitura de Manaus, por meio da Semex (Secretaria Municipal Extraordinária de Requalificação do Centro), consiga tomar as rédeas daquela área.
Elias, inclusive, classificou a desordem de “favelização”. “Há uma vontade grande da Semex de reorganizar o Centro, mas precisa ir muito além do esforço pessoal deste jovem secretário, o arquiteto Rafael Assayag. Hoje o Centro está ‘ favelizado’. É lamentável chegar a essa conclusão”, disse o vereador. Como exemplo, ele citou o Pavilhão Universal, que fica na Praça Tenreiro Aranha, que hoje nada mais é do que o “dormitório” para pedintes, mendigos, adolescentes e jovens que vagueiam durante o dia pelo Centro da cidade. O socialista criticou ainda a falta de parâmetros para o comércio informal praticado naquela área, o que acaba colocando em risco a saúde da população que frequenta diariamente o Centro de cidade, haja vista que as calçadas e qualquer outro tipo de espaço daquela localidade estão totalmente “loteados”. “Há bancas de verduras, frutas, comidas, eletroeletrônicos, cosméticos, enfim, toda uma gama de produtos”, observou. Ele parabenizou o projeto de resgate dos prédios históricos do Centro, cujos investimentos serão feitos com recursos federais da ordem de R$ 33,6 milhões, por meio do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) Cidades Históricas do Governo Federal. A capital amazonense é a única beneficiada entre as demais capitais da região Norte e as obras de restauração devem se encerrar no próximo ano.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email