3 de março de 2021
É cientista político
É cientista político

Breno Rodrigo

Carnaval sem o barão

A vida e ação pública do José Maria da Silva Paranhos Júnior (1845-1912), conhecido como Barão do Rio Branco, filho do também diplomata e estadista

José Taveira Leite Filho

A vida é um sopro divino. E é este sopro criador de Deus que nos permite viver material e espiritualmente. É a tradução perfeita da

Bem-estar social e regime previdenciário

O século XX foi marcado pela expansão do Estado de Bem-Estar Social (Welfare State). A existência desse modelo de Estado é o coroamento do tripé

Classe, identidade e o futuro da esquerda

O colapso da União Soviética, a pátria do socialismo iniciado na Revolução Russa de 1917, foi um duro golpe nas esquerdas nacional e internacional. Partidos

Crise e o futuro do trumpismo

Movimentos políticos personalistas são comuns nas democracias e fora delas. Bonapartismo, hitlerismo, gaulismo, varguismo, peronismo, lulismo, bolsonarismo, malufismo, entre tantas outras nomenclaturas são símbolos importantes

A política como vocação

O ensaio de Max Weber – “Ciência e Política: duas vocações” – é uma sofisticada formulação sociológica dos fenômenos políticos da modernidade. Apresenta um conjunto

Do governo justo

República ou Monarquia, presidencialismo ou parlamentarismo, voto distrital ou representação proporcional, federação ou unitarismo, suprema corte de modelo concentrado ou difuso? Certamente, estudiosos e cidadãos

Frank Underwood

Para os aficionados pela minissérie televisiva House of Cards, Frank Underwood, interpretado pelo ator Kevin Spacey, é um personagem que consegue despertar amor e ódio

Gambito no centrão

Utilizar o xadrez como uma metáfora da política é um exercício bem antigo. Xadrez e política são linguagens intercambiáveis por apresentarem algumas similaridades, como o

Saliva e pólvora

Presidente Jair Bolsonaro é popularmente conhecido por seus arroubos retóricos. Do Jair parlamentar ao Jair presidente pouco mudou no modo de pensar e fazer política.