7 de dezembro de 2021

A revelação de mais um daqueles crimes que chocou Manaus embute um questão relevantíssima, que não pode ser colocada embaixo de um tapete. Ontem, a cidade ficou sabendo que um casal, proprietários de uma grande rede de supermercados local, teria mandado assassinar o sargento do Exército Lucas Ramon da Silva, por motivos passionais. Até aí, algo chocante, porém recorrente. Fatos desta natureza infelizmente acontecem sempre em nosso cotidiano. Mais grave do que a execução em si, para a sociedade, é saber que os acusados foram informados com antecedência de uma operação policial com base em inquérito sobre o qual foi apostado o carimbo de segredo judicial. Alguém no Tribunal de Justiça do Amazonas ou na Delegacia de Homicídios e Sequestros antecipou para os envolvidos o que iria acontecer. E isso não pode nem deve ficar impune. Até agora, entretanto, as autoridades deram mais relevância ao assassinato do que ao vazamento.

DESFECHO

Joabson Gomes e Jordana Freire, o casal de empresários envolvido no episódio, se apresentou no início da tarde de ontem à Polícia e alegou inocência. Fartos indícios colhidos ao longo das investigações os dementem. O fato motivou uma enxurrada de memes nas redes sociais e muitos boatos em torno de um triângulo amoroso e desvios vultosos de recursos das empresas comandadas pela dupla.

BIOECONOMIA

Em meados de setembro, o Centro de Biotecnologia da Amazônia recebeu, simultaneamente, Daniel Serra, sócio de uma gestora de investimentos de impacto sediada em São Paulo – a MOV Investimentos -, e Honei Maceió, secretário municipal de Tecnologia e Inclusão Digital de Boa Vista (RR). Ambos buscaram o Centro para, por meio da bioeconomia amazônica, aperfeiçoar suas atividades que, mesmo distintas entre si, veem no segmento econômico todo potencial para avançar em suas linhas de trabalho.

ARMADILHAS

Buscando avaliar a resistência do Aedes aegypti aos inseticidas utilizados para o combate às arboviroses (dengue, zika e chikungunya) no Estado, a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas Dra. Rosemary Costa Pinto realiza, até sexta-feira (24/09), a instalação e coleta de armadilhas para o mosquito. A intenção é atrair as fêmeas do inseto que estejam no ambiente para a armadilha. No equipamento, as fêmeas vão colocar os ovos que serão utilizados para a pesquisa.

O QUE É

A armadilha consiste em um vaso preto com água parada até cerca da metade do recipiente, contendo solução fraca de levedo de cerveja, formando um ambiente atrativo para as fêmeas do mosquito. Dentro do vaso, há uma palheta de chapa de madeira, onde a fêmea irá depositar os ovos. Os equipamentos serão instalados na casa de moradores que aceitem contribuir com a pesquisa.

AGENDA

Para alinhar ações com melhorias no trabalho dos agentes de segurança e aumentar as operações policiais no combate à criminalidade, o secretário de Segurança Pública do Amazonas, general Carlos Alberto Mansur, intensificou a agenda de visitas institucionais ao interior. Em 15 dias, o chefe da pasta esteve em Coari, Tefé, Humaitá e Tabatinga como parte da estratégia de desenvolvimento de novos projetos para captação de recursos federais. Além de projetos para investimentos futuros, as expedições são parte da proposta de reforço de operações policiais no interior, sobretudo na região de fronteira.

REGULARIZAÇÃO

O governador Wilson Lima destacou, durante reunião com tabeliães e notariais dos 62 municípios, que o Estado trabalha para dar segurança jurídica aos títulos de imóveis no Amazonas. O encontro, na sede do Governo do Amazonas, na zona oeste, foi realizado para promover um alinhamento entre o Estado, Defensoria Pública e os cartórios. O objetivo é avançar no processo de regularização fundiária com a entrega de títulos definitivos.

PESTE SUÍNA

A da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas iniciou inquérito soroepidemiológico para a peste suína clássica em 320 criatórios de suínos no Amazonas. O trabalho está sendo executado pelas equipes das Unidades Locais de Sanidade Animal e Vegetal da Adaf no interior. Mais de 3 mil amostras deverão ser coletadas.

ON-LINE

Os canais de atendimento tributário on-line da Prefeitura de Manaus têm ganhando cada vez mais a adesão dos contribuintes do município. De janeiro a agosto deste ano, mais de 168 mil demandas dos cidadãos foram atendidas, por meio das ferramentas digitais disponíveis no portal Manaus Atende (http://manausatende.manaus.am.gov.br).

DIFERENÇA

Do início do ano até hoje, a demanda pelos serviços tributários, via canais on-line, cresceu aproximadamente 40%. No primeiro mês do ano, a marca mensal de atendimentos na modalidade, era de 16 mil. Atualmente, essa média está em 23 mil solicitações mensais. Já o atendimento presencial, que está disponível apenas por agendamento prévio, tem registrado uma média mensal de três mil.

FRASES

“Eu quero fazer história constando da placa de inauguração do anexo.” Raulzinho (PSDB), vereador de Manaus, defendendo a construção do famoso “puxadinho” de R$ 32 milhões

refis

“Agora posso provar minha inocência.” Wilson Lima (PSC), governador do Amazonas, depois de virar réu no processo que investiga a compra de respiradores

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email