10 de abril de 2021

Teste vocacional é apontado como alternativa na escolha da profissão

Uma das mais difíceis decisões, para a maioria dos indivíduos, está na escolha da carreira ou profissão. Sem o conhecimento de si mesmos, as pessoas correm o risco de optar por profissões que estejam na moda.

Existem pessoas que desde cedo, crianças ainda, já sabem qual profissão seguir. Alguns seguem a profissão dos pais e a desempenham felizes para sempre; outros, nem tanto. Mas a maioria, com certeza, chega à idade adulta sem saber exatamente o que quer na vida, ficando a vagar por este ou aquele trabalho sem conseguir se satisfazer em nenhum. Um bom auxiliar nestes casos são os testes vocacionais que, como o nome insinua, dão a dica de qual é a vocação do indivíduo.
Os testes vocacionais, ou de OP (orientação profissional), só podem ser feitos por psicólogos e seu acerto é de 99%, garantem estes profissionais.
De acordo com a psicóloga Grizelda Leonardo Amorim da Silva, “uma das mais difíceis decisões, para a maioria dos indivíduos, se encontra na escolha da carreira ou profissão. Sem o conhecimento de si mesmos, de seus interesses, aptidões e expectativas, as pessoas correm o risco de optar por profissões que estejam na moda ou que sejam mais lucrativas”.
Já a psicóloga Consuelo Barroco da Rocha completa dizendo ser maior o problema da dúvida durante a adolescência “em virtude dos jovens viverem a descoberta de si mesmos, sentindo-se perdidos e confusos. A insegurança, a falta de informação e a personalidade, ainda em formação, tornam difícil para o adolescente a escolha do que ele pretende ser no futuro”, disse.
Para as duas psicólogas, que mantém um consultório no centro de Manaus, apesar de o acerto dos testes de orientação profissional serem de praticamente 100%, a procura pelas pessoas que precisam deles é pouca, principalmente porque há pouca divulgação nas instituições educacionais junto aos seus alunos. “Sugerimos que essas instituições possuam um serviço de OP, visando divulgar informações sobre as profissões existentes, minimizando, assim, as dificuldades na escolha profissional dos alunos. Podemos dizer que o acerto dos testes é imediato em 99% dos pacientes e 1% numa aceitação futura”, concluem.
O objetivo dos testes de OP é mostrar à pessoa, com segurança e precisão, qual a profissão ideal ela deve seguir, dando uma visão geral da área profissional em que ela se enquadra e das profissões que existem nessa área. Os testes são um processo que ajudam na resolução de um conflito na hora da escolha.
Durante o processo, que dura em média 15 dias, podem ser utilizados diversos testes de comprovada eficiência científica, sendo aplicados no mínimo três e no máximo cinco, ficando a escolha do que vai ser aplicado a critério do profissional. “Os testes visam medir aptidões, interesse, personalidade, maturidade e inteligência do indivíduo”, disse Griselda, ressaltando que o processo inicia-se com a entrevista, continua com a aplicação dos testes com técnicas projetivas gráficas, não gráficas e psicométricas, que irão originar um laudo com posterior devolução ao indivíduo.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email