Pesquisar
Close this search box.

Sicredi abre nova agência em Manaus, a 8ª no Amazonas

Em continuidade ao seu plano de expansão, o Sicredi abriu nesta terça-feira (27/02) a 3ª agência em Manaus. Localizada na avenida Autaz Mirim, nº 7.365, no bairro Tancredo Neves, a instituição financeira cooperativa chega à Zona Leste da cidade, região com grande potencial e poderá auxiliar as pessoas na realização de seus sonhos e na prosperidade dos negócios. A abertura de mais um ponto de atendimento confirma o compromisso do Sicredi de estar cada vez mais próximo dos associados e de contribuir com o desenvolvimento das comunidades onde está presente.

No Amazonas desde 2020, a cooperativa financeira possui cerca de 15,9 mil associados. Atualmente, mantém agência física em 7 cidades (Manaus, Parintins, Itacoatiara, Manacapuru, Guajará, Boca do Acre e Humaitá, sendo que nesta última, apesar de ainda não possuir agência, já existe atendimento aos associados). A agência está em construção e a previsão é que seja inaugurada em março deste ano. 

A agência da Zona Leste de Manaus tem 313 metros quadrados, com atendimento simples e próximo, com consultoria especializada e de acordo com as necessidades dos associados. Possui terminais de autoatendimento e estacionamento próprio, para mais comodidade. O Sicredi chega para se aproximar ainda mais dos microempreendedores e pequenos negócios e apoiar no desenvolvimento dos negócios por meio de um mix de soluções financeiras para este público e para pessoas físicas e produtores rurais.

Considerada uma das regiões mais populosas da capital amazonense, a Zona Leste abriga cerca de meio milhão de habitantes. Concentra uma grande quantidade de empreendimentos, sendo um forte polo comercial de Manaus. Segundo dados da Receita Federal, 26% dos empreendimentos da Capital funcionam na região, com destaque para o setor de comércio. Das mais de 43,8 mil empresas ativas na Zona Leste, 21% são do comércio.

“A presença e atuação do cooperativismo de crédito só vem a somar com as comunidades, e como a nossa missão é transformar, desenvolver e levar prosperidade, aumentamos nossa presença em Manaus para fazer a diferença na vida das pessoas, das empresas e da comunidade como um todo”, afirma o presidente Sérgio Dezordi.

O evento de inauguração da agência contou com a presença dos deputados estaduais Adjuto Afonso, Professor Sinésio Campos, do diretor-presidente da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), Marcos Vinícius Castro, entre outras autoridades e representantes do setor produtivo.

História de prosperidade

Com 121 anos de atuação, o Sicredi é a primeira instituição financeira cooperativa do Brasil. São mais de 7,5 milhões de associados no País. Presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, são mais de 2,6 mil agências e pontos de atendimento em operação em mais de 1,9 mil municípios. Em cerca de 200 cidades, o Sicredi é a única instituição financeira presente.

Com mais de R$232,2 bilhões em ativos, tem um patrimônio líquido de R$36,9 bilhões. Os depósitos totais somam R$221,2 bilhões e a carteira de crédito chega a R$206,5 bilhões, conforme dados de novembro de 2023. Possui vários prêmios e reconhecimentos, com destaque para o recente Ranking de Agentes Financeiros do BNDES que apontou o Sicredi como o principal agente financeiro na concessão de recursos do Banco em 2023. 

Em 2022, o Sicredi registrou R$5,9 bilhões em Resultados em todo o País, aumento de 24% sobre o ano anterior. Parte desse valor voltou para os associados – diferencial das cooperativas de crédito -, proporcionalmente às suas movimentações.

Impacto positivo

A atuação do Sicredi beneficia não apenas os associados, mas reflete em toda a comunidade. Pesquisa realizada em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), mostra que o cooperativismo incrementa o PIB per capita dos municípios em 5,6%, cria 6,2% mais vagas de trabalho formal e aumenta o número de estabelecimentos comerciais em 15,7%, estimulando o empreendedorismo local.

Outra pesquisa revela que a presença física de instituições financeiras contribui de maneira efetiva para a inclusão financeira das comunidades. O 4º estudo da série “Benefícios do Cooperativismo de Crédito” denominado “A Efetividade do Cooperativismo”, realizado pelo Sicredi com apoio do pesquisador Juliano Assunção, da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), que é especialista em Microeconomia Aplicada e Desenvolvimento Econômico, mostra que o comportamento dos associados muda quando passam a contar com uma agência em seu município.

Conforme a pesquisa, o uso médio de produtos cresce 25% em dois anos, quando comparado a associados ativos em municípios sem atendimento físico. Após cinco anos, cada associado passa a ser atendido com uma média de sete produtos financeiros.

Redação

Jornal mais tradicional do Estado do Amazonas, em atividade desde 1904 de forma contínua.
Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

Pesquisar