Setor cresce no ritmo mais baixo em quatro meses, aponta levantamento

Quanto maior for a diferença do valor de 50, maior será a taxa de mudança assinalada pelo índice.

O nível de atividade da indústria avançou em dezembro, mas no ritmo mais baixo em quatro meses, segundo o indicador PMI (Pesquisa Mensal Industrial), desenvolvido pela NTC Research e divulgado hoje pelo Banco Real.

O índice PMI recuou para 55,3 em dezembro, ante 56,4 no mês anterior. A leitura do PMI abaixo de 50 indica queda na economia industrial, acima de 50, expansão, e equivalente a 50, ausência de mudanças. Quanto maior for a diferença do valor de 50, maior será a taxa de mudança assinalada pelo índice.

A produção e o volume de pedidos da indústria aumentaram em dezembro, mas também em ritmo menor que o pico alcançado em outubro. Aos 58,2, a taxa de crescimento da produção também ficou abaixo do mês anterior (59) e atingiu seu ritmo mais baixo dos últimos quatro meses.

O nível de novos pedidos se manteve em alta (56,1 ante 57,5 em novembro), sustentado pelas condições favoráveis, principalmente, do mercado interno.

“Os novos pedidos vindos do exterior cresceram marginalmente, com as empresas indicando que a valorização contínua do real atenuou a demanda proveniente dos mercados de exportação”, indica o levantamento.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email