Selo Turismo Responsável é segurança para o cliente

Lançado pelo Ministério do Turismo no início de junho, o selo “Turismo Responsável” – Limpo e Seguro” já foi solicitado por mais de 11 mil profissionais do setor em todo o Brasil. O objetivo do selo é contribuir para que o setor de Turismo retome as suas atividades o mais rápido possível e atenda aos pré-requisitos do novo perfil de turista que surgirá com a pandemia de covid-19.

O selo é um programa que estabelece boas práticas de higienização para cada segmento do setor, um incentivo para que os consumidores se sintam seguros ao viajar e frequentar locais que cumpram protocolos específicos para a prevenção da Covid-19, posicionando o Brasil como um destino protegido e responsável. O selo pode ser acessado por empresas e guias de turismo que precisam estar devidamente inscritos no Cadastur (Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos).

Na Região Norte, 356 prestadores de serviços turísticos já solicitaram a emissão do selo “Turismo Responsável – Limpo e Seguro”. O Pará lidera em número de pedidos (149), seguido do Amazonas (114), Tocantins (39), Rondônia (28), Roraima (14), Amapá (8) e Acre (4). Em todo o Brasil já são mais de 11,4 mil pedidos. O número comprova o sucesso da iniciativa lançada pelo Ministério do Turismo há pouco mais de um mês e que tem como objetivo auxiliar que o setor de turismo brasileiro retome as suas atividades o mais breve possível e atenda aos pré-requisitos do novo perfil de turista que surgirá com a pandemia de coronavírus. São os dados oficiais até o fechamento desta edição.

Os segmentos com maior número de solicitações do selo na Região Norte são: agência de turismo (158), meio de hospedagem (67) e bares e restaurantes (63). Para auxiliar os empreendimentos sobre as medidas recomendadas para a reabertura, o Ministério do Turismo publicou os protocolos sanitários recomendados para 15 segmentos turísticos que fazem parte do Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), além de um conjunto de orientações também para os turistas através do site: http://www.turismo.gov.br/seloresponsavel, construídos em parceria com o trade, levando em consideração as diretrizes internacionais, e contou com a validação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“O sucesso desta iniciativa comprova que estamos no caminho certo para o início das atividades do nosso setor, que foi tão afetado por esta pandemia, e integra o conjunto de ações de retomada que vem sendo desenvolvido pelo Ministério do Turismo”, assegurou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

O número de prestadores de serviços do Amazonas cadastrados no sistema Cadastur aumentou mais de 24% no primeiro semestre deste ano. O programa é executado pelo MTur, em parceria com Amazonastur e outros órgãos oficiais de turismo. O Departamento de Registro e Fiscalização da Empresa, validadou 395 cadastros, um crescimento de 24,21% em relação ao ano anterior, mesmo com a pandemia do covid19.

Totalmente gratuito, o selo deverá ser colado em local de fácil acesso ao cliente e conterá um QR Code pelo qual o turista poderá consultar as medidas adotadas por aquele empreendimento e/ou profissional. Além disso, possibilitará a realização de denúncias em caso de descumprimento, o que poderá resultar em revogação do selo, com protocolos disponíveis para: Meios de Hospedagem; Agências de Turismo; Transportadoras Turísticas; Organizadoras de Eventos; Parques Temáticos; Acampamentos Turísticos; Restaurantes, Cafeterias, Bares e similares; Parques Temáticos Aquáticos; Locadoras de veículos para turistas e Guias de Turismo, entre outros.

Manaus desponta nos destinos mais desejados

Entre os meses de maio e junho a Booking.com organizou a pesquisa “Wish Lists”, perguntando aos turistas do mundo todo quais eram seus maiores desejos de viagens. A pesquisa levou em consideração cidades e intenções de todo o mundo e, entre os 100 destinos mais desejados, aparecem dois brasileiros: Gramado (RS) e Rio de Janeiro, que apareceram à frente de cidades turísticas importantes como Cancún (México), Cartagena (Colômbia) e Buenos Aires (Argentina).

O Rio de Janeiro foi um dos destinos mais populares entre viajantes americanos, chilenos, colombianos, peruanos e argentinos – estes últimos também incluíram cidades como Florianópolis, Búzios (RJ), Foz do Iguaçu (PR), Maceió, Porto de Galinhas (PE) e Arraial do Cabo (RJ) entre os destinos internacionais mais desejados em suas listas. Além disso a Booking.com também montou uma lista com os destinos mais desejados por região brasileira: Região Norte: Manaus, Belém, Alter do Chão, Palmas e Porto Velho; Região Nordeste: Porto de Galinhas, Natal, Fortaleza, Salvador e Maceió; Região Centro-Oeste: Brasília, Caldas Novas, Goiânia, Bonito, Alto Paraíso de Goiás; Região Sudeste: Rio de Janeiro, Campos do Jordão, São Paulo, Monte Verde e Búzios; Região Sul: Gramado, Florianópolis, Curitiba, Balneário Camboriú e Canela.

Parintins, Eirunepé e Tefé opera voos da VoePass

Partindo de Manaus a VoePass Linhas Aéreas ampliou sua malha aérea para ParintinsItaituba Eirunepé desde o dia 24 de julho. A cidade de Parintins que já opera com três frequências semanais, com saída de Manaus às 7h e retorno às 8h40 (horário local) – ganha uma nova operação às sextas-feiras com decolagem às 14h30 e retorno às 16h10, com tarifas que variam a partir de 349,99 reais, conforme a demanda.

Com a expansão, a VOEPASS Linhas Aéreas, que iniciou a retomada na região com 30 voos semanais, passará a ter 44 frequências, resultando em um aumento de 47% na operação. “Aliada a uma frota que foi totalmente reformulada, nossa operação para a região Norte está indo muito bem, sem nenhum cancelamento de operação até o momento, o que demonstra o compromisso da companhia com os passageiros”, afirma o presidente da companhia José Luiz Felício Filho.

A cidade de Eirunepé recebeu frequência adicional, com escala na cidade de Tefé. As saídas de Manaus serão às 10h20 nas terças-feiras, e às 8h30 nas quintas-feiras e sábados, e os retornos às 11h40 nas terças-feiras, quintas-feiras e sábados.

De Manaus para Tefé as decolagens acontecem às 10h20 nas terças-feiras e às 8h30 nas quintas-feiras e sábados. No sentido contrário os horários são às 16h50 nas terças-feiras, e às 15h nas quintas-feiras e aos sábados. Já as saídas de Eirunepé para Tefé acontecem às 13h30 nas terças-feiras e às 11h40 nas quintas-feiras e aos sábados. Os voos de retorno seguem os horários das 12h10 às terças-feiras e às 10h20 nas quintas-feiras e sábados.

As passagens podem ser adquiridas em todos os canais de venda da VoePass (www.voepass.com.br) e agências de viagem.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email