2 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Salão do Turismo aproxima compradores e vendedores

Além de conhecer 65 roteiros integrados apoiados pelo Programa Nacional de Turismo, do Ministério do Turismo, o visitante do salão vai ficar cara a cara com agências de viagens

Programar uma viagem nem sempre é tarefa fácil, apesar de prazerosa. Definir cada detalhe desde o destino para onde se quer viajar, onde se hospedar, o meio de transporte para se chegar ao local, os passeios a serem feitos, o que levar e, principalmente, quanto gastar são preocupações de quem planeja conhecer um roteiro, seja nacional, seja em outro país. Mas tudo isso pode ficar mais fácil para quem visitar o 3º Salão do Turismo, que começou ontem e vai até 22 de junho no Anhembi em São Paulo.
É que, além de conhecer 65 roteiros integrados apoiados pelo Programa Nacional de Turismo, do Ministério do Turismo, o visitante do salão vai ficar cara a cara com agências de viagens operadoras, companhias aéreas, rede de hotéis e até agências de ­locação de veículos. Tudo isso para aproximar, aumentar e facilitar ainda mais o desejo do brasileiro de conhecer as mais diferentes regiões do Brasil.
Durante a abertura do evento, o ministro interino do Turismo, Luiz Barretto, afirmou que a estratégia deste terceiro salão é dar um impulso ao programa de regionalização do turismo, focando nos 65 destinos e apoiando quem quer trabalhar com o segmento, gerando empregos, renda e desenvolvendo as mais diversas localidades.
Luiz Barretto destacou que, para dar ainda mais sustentabilidade ao setor, a Lei Geral do Turismo, que está em análise pela Câmara dos Deputados e que deve ser votada até o fim do mês, vai fortalecer o segmento, possibilitando um desenvolvimento mais seguro e certo. “Movimentar a cadeia produtiva o ano todo é um desafio que pode ser superado”, disse.
Ele disse ainda que é preciso aproveitar o momento favorável do setor para fortalecer vários segmentos da cadeia do turismo, principalmente, aproveitando boas oportunidades que a Copa do Mundo de 2014, por exemplo, vai proporcionar ao país.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email