4 de dezembro de 2021

Produção de tablets são destaques das pautas do Codam

Um total de 12 projetos para a produção de tablet (microcomputador portátil) foram aprovados nas reuniões do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) nos últimos dois anos

Um total de 12 projetos para a produção de tablet (microcomputador portátil) foram aprovados nas reuniões do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) nos últimos dois anos. Na pauta que será apreciada pelos conselheiros na última reunião do Conselho em 2012, prevista para esta quinta-feira (27.12), às 15h, no auditório da Fieam, o destaque é o projeto da coreana Samsung para a fabricação de tablets com recursos de R$ 1,996 bilhão. A pauta na íntegra da 242ª reunião do Codam está disponível em www.seplan.am.gov.br
A sexta e última reunião do Codam) em 2012 avaliará pauta que relaciona 34 projetos industriais estimados em R$ 2.714 bilhões. A pauta diversificada reúne projetos de produção de tablets, joias, bolsas, aparelhos eletroeletrônicos, cimento e bebidas não alcoólicas.
A mão de obra estimada com a execução dos projetos totaliza 1.882 empregos.
Outros destaques da pauta são os projetos da Alcoa para a fabricação de laminados metálicos com investimentos estimados em R$ 132 milhões, da Semp Toshiba para a produção de notebook com recursos de R$ 119 milhões e da Hitachi, estimado em R$ 58 milhões, que prevê a geração de 400 postos de trabalho no período de até três anos.
Do total de projetos que passaram pela análise técnica da Seplan, 9 são de implantação, 21 são de diversificação e 4 de atualização. Dessa lista, 13 são para a produção de bens intermediários e 21 para a fabricação de bens finais.

PENÚLTIMA

A aprovação do projeto da Sony do Brasil para a produção do PlayStation 3 no Polo Industrial de Manaus foi o destaque da pauta da penúltima reunião do Codam, realizada no dia 8 de novembro, na Sefaz.
O valor do projeto da Sony, o maior da pauta foi de R$ 181 milhões. A penúltima reunião aprovou 48 projetos industriais com pedidos de vistas de três projetos – Unicoba, Brasfanta e Digibras – para análise técnica mais detalhada. Também foram aprovados projetos para a produção de tablets, bebidas, placas de circuito impresso, motonetas, bolsas e embalagens. Toda a pauta do Codam estava estimada em R$ 778 milhões e 2.190 vagas no mercado de trabalho, no período de até três anos.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email