Produção da agroindústria brasileira diminui 9,4% em 2009

A produção da agroindústria brasileira caiu 9,4% em 2009 na comparação com o ano anterior, segundo divulgou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O resultado reverte um crescimento de 1,7% apurado no ano de 2008. Segundo observam os técnicos do instituto no documento de divulgação da pesquisa, “a retração da agroindústria em 2009 deve-se à crise econômica mundial e à seca na Região Sul, acarretando redução da safra de 2009 (-8,3%) e dos investimentos em máquinas e equipamentos agrícolas (-28,7%), em adubos e fertilizantes (-2,1%) e em defensivos agropecuários (-15,7%)”.

De acordo com a pesquisa, os setores vinculados à agricultura (-5,2%), que têm maior peso na agroindústria, recuaram mais intensamente em 2009 que os setores associados à pecuária (-1,1%). O grupo inseticidas, herbicidas e outros defensivos para uso agropecuário também recuou (-15,7%), assim como o segmento madeira, (-13,0%).

A agroindústria apresentou resultados negativos nos quatro trimestres de 2009, ante iguais períodos do ano anterior: (- 6,7%) no primeiro, (-4,2%) no segundo, (- 5,9%) no terceiro e (-2,8%) no quarto. Ambos os semestres apresentaram quedas: (-5,3%) no primeiro e (-4,5%) no segundo. A queda menos intensa no segundo semestre deveu-se à melhora da pecuária, que cresceu 1,8% nesse período, segundo o documento de divulgação.
Os técnicos do IBGE observam no documento que, em função da crise internacional, houve queda no volume e no preço das commodities agropecuárias exportadas, influindo negativamente no resultado da agroindústria.

Segundo a Secex (Secretaria de Comércio Exterior), o volume exportado dos principais produtos da agroindústria teve as seguintes variações em relação a 2008: pedaços e miudezas de aves (-3,4%), carnes de bovinos congeladas (-12,3%), couros e peles de bovinos (-15,2%), álcool (-34,7%), óleo de soja em bruto (-22,3%) e bagaços e outros resíduos da extração do óleo de soja (-0,2%).
Por outro lado, aumentaram as exportações de açúcar (24,8%), fumo (4,9%), celulose (16,9%), suco de laranja (0,7%) e grãos de soja triturados (16,6%).

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email