15 de abril de 2021

Produção cresce 36,6% no primeiro bimestre de 2009

O cenário de crise econômica global não impediu que as fabricantes de fornos microondas do PIM (Polo Industrial de Manaus) produzissem 36,6% a mais em janeiro e fevereiro de 2009, se comparado a iguais meses do ano passado

O cenário de crise econômica global não impediu que as fabricantes de fornos microondas do PIM (Polo Industrial de Manaus) produzissem 36,6% a mais em janeiro e fevereiro de 2009, se comparado a iguais meses do ano passado. A produção desse produto saltou de 329,36 mil unidades para 450,08 mil unidades entre um período e o outro.
A boa performance do setor consta nos indicadores industriais divulgados recentemente pela Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus), que aponta no período analisado um faturamento superior a US$ 33.14 milhões. Desse montante, US$ 16.20 milhões foram em janeiro e US$ 16.94 milhões em fevereiro.
No acumulado de 2008, os fabricantes de microondas locais produziram 2,51 milhões de unidades do produto, fechando o ano com queda de 7,3% em relação ao acumulado de 2007, com um montante de 2,71 milhões. As empresas obtiveram um faturamento superior a US$ 291milhões no acumulado do ano passado.
Uma das empresas responsáveis pela boa performance do setor de microondas é a unidade da Whirlpool Latin America em Manaus, fabricante dos produtos Brastemp, que obteve crescimento nas vendas de microondas nos três primeiros meses de 2009 se comparados ao mesmo perío­do de 2008. Por estratégia, a empresa não divulga informações sobre volume de produção.

Movimento Sazonal

A gerente-geral de Marketing Microondas da Whirlpool Latin América, Andrea Apponi, informou que este é um período em que as vendas da indústria costumam aumentar em função do Dia das Mães, já que os pedidos dos revendedores começam em janeiro. “Como se trata de um movimento sazonal e já esperado do mercado, já nos preparamos com antecedência”, informou.
Segundo Apponi, a produção da empresa está acompanhando a evolução do setor. Ela contou que, falando especificamente de microondas, a categoria vem, há cerca de três a quatro anos, com um desempenho impressionante de crescimento, na média de 40% ao ano.
“Vale lembrar que menos de 20% das residências têm microondas. Acreditamos em uma desaceleração do crescimento do setor de eletrodomésticos como um todo neste ano, mas sem perder de perspectiva que, ainda assim, o cenário é animador, já que falamos de crescimento sobre crescimento”, avaliou, ressaltando que a expectativa de crescimento da empresa neste ano gira em torno de 3% como um todo.

Indústria estima maior expansão

Segundo a gerente, o fator crise econômica internacional deu uma freada no setor como um todo, mas sem reflexos pontuais na categoria de microondas. Ela disse que a Whirlpool continua acreditando no potencial de crescimento e penetração da categoria de produto. “Neste momento de instabilidade, é importante analisar o cenário a cada dia e ter agilidade na execução”, disse.
Andrea Apponi avaliou que os investimentos constantes da companhia em inovação e em talentos fazem com que a Whirlpool esteja um passo à frente, inclusive nos momentos instáveis. “Acreditamos que este é um momento determinante para mostrar capacidade de liderança e empreendedorismo. É isso que estamos fazendo, apresentando produtos inovadores para a categoria”, afirmou.
A planta fabril da Whirlpool em Manaus, onde são fabricados microondas e condicionadores de ar, conta com cerca de 800 colaboradores atualmente. O foco de vendas na categoria de microondas é para o mercado nacional. Porém, a Whirlpool trabalha com diversas outras categorias, como refrigeradores, fogões e lavadoras, que são exportadas para mais de 100 países em todo o mundo. 

Novos lançamentos

Neste mês de março, a Whirlpool lançou o microondas Aquarela Consul, de 25 litros, cuja proposta é deixar o ambiente mais criativo e divertido. O produto vem acompanhado de 12 fichas diferentes que são encaixadas em um compartimento na porta do produto.
No ano passado, a Consul lançou, exclusivamente para atender às necessidades dos consumidores das regiões Norte e Nordeste, o microondas Erva Doce, que traz receitas pré-programadas -antes só existentes em microondas com painéis digitais- em um painel com botão eletromecânico, mais fácil de usar. A marca buscou soluções inovadoras que simplificam as tarefas do dia-a-dia e apresentam uma ótima relação custo x benefício.
Segundo Andrea Apponi, o Erva Doce conta com dois seletores, um de tempo, outro de potência, possui capacidade de 18 litros, prato de 27 cm de diâmetro e seis níveis de potência: manter aquecido, descongelar, baixa, média, alta e máxima. Seu design robusto também o diferencia dos similares disponíveis no mercado.
Já a Brastemp traz o conceito de personalização, que está cada vez mais forte nos seus produtos. A marca acaba de lançar seis modelos de adesivos eletrostáticos divertidos e coloridos para decorar os aparelhos e deixar a cozinha ainda mais personalizada. Além de desenhos criados pela área de design da própria Brastemp, os novos modelos, divididos em três kits, recebem a assinatura da estilista Juliana Jabour, do artista Adhemas Batista e dos consumidores Clara Azevedo Gomes e Rogério Puhl, premiados no concurso Microonderia, promovido em parceria com o site Camisetaria. Os adesivos são de fácil aplicação e, por não terem cola, não danificam o microondas e podem ser utilizados por diversas vezes.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email