Perdas elétricas chegam a R$ 16 milhões em Roraima

A BV Energia (Boa Vista Energia), concessionária da Eletronorte na capital roraimense, projeta fechar o ano com um total de 20,30% de perdas elétricas, percentual que significa um prejuízo de aproximadamente R$ 16 milhões. Mesmo com o resultado negativo, a estimativa é satisfatória se comparada com o resultado de 2006, quando a empresa registrou 22,91% de perdas elétricas, cerca de R$ 19 milhões como resultado operacional negativo.
A previsão de perdas para o encerramento deste ano é 11,39% menor que o total pontuado no ano anterior. Caso a estimativa se confirme, o prejuízo também terá redução, mas na casa dos 15,78%.

“Até o mês de setembro, o indicativo apontou 19,76% de perdas. Com isso já conseguimos recuperar aproximadamente R$ 3 milhões em prejuízos”, disse o presidente da BV Energia, Aniceto Campanha Wanderley Neto. O indicativo da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) para 2007 é de 21,22% de perdas elétricas no país.
A média de perdas elétricas da BV Energia é pouco mais da metade do percentual registrado em outros sistemas isolados do Norte do Brasil, cujo índice fica em 35%.

“O percentual da companhia é razoável, se comparado com outros da região”, disse o coordenador da Copam (Comissão Permanente de Análise e Acompanhamento do Mercado de Energia Elétrica), da EPE (Empresa de Pesquisa Energética), ligada ao Ministério de Minas e Energia, Cláu-dio Velloso.

Empresa assina novo contrato de gestão

De acordo com presidente da BV Energia, Aniceto Campanha Wanderley Neto, a empresa deve fechar no dia 26 deste mês, durante a reunião do onselho de administração da companhia, um contrato de gestão até o ano de 2012, com a Eletronorte. “Esse acordo visa buscar o equilíbrio financeiro da empresa, com base em duas estratégias de ação focadas nos principais problemas que a companhia enfrenta hoje: as perdas elétricas e a inadimplência”, explicou.

Principais entraves

Segundo o presidente da concessionária, antes mesmo de a atual gestão assumir o mandato, esses já eram os principais entraves para o desenvolvimento do setor no Estado. “Antes de 2005, o resultado operacional da empresa superava os R$ 20 milhões. Por isso o Comitê Técnico para Assuntos Estratégicos criou um Plano Diretor de Combate às Perdas Elétricas ou outro voltado à Inadimplência”, contou Wanderley Neto.

Com as ações criadas a partir dos planos diretores e o acordo de gestão, a expectativa da companhia é registrar resultados positivos a partir de 2012. “Dos dois tipos de perdas possíveis, as técnicas e as comerciais, essas últimas são as principais responsáveis pelo resultado negativo, chegando a quase 95% do total”, afirmou o dirigente da enpresa, ressaltando que como explicativo, entram as fraudes, desvios de energia e ligações clandestinas.

Dirigente justifica perdas previstas para 2007

A queda nas perdas prevista para este ano pode ser justificada pelas estratégias implementadas pela empresa desde o ano passado, conforme Wanderley Neto. “Este ano houve aumento no número de inspeções, passando de 1.500 em 2006, para 4.000 até o último mês deste ano, além de investimentos na área de modernização do sistema tecnológico”, informou.

A BV Energia está implementando um sistema de telemedição, por meio do qual cerca de 1.200 unidades residenciais serão monitoradas. O projeto deve funcionar ainda este ano e demanda recursos de R$ 1,3 milhão.
“A nossa meta é combater as operações clandestinas na cidade. Além disso, vamos recadastrar 100% dos usuários do nosso sistema, para que esses números fiquem cada vez mais perto dos dados de domicílios divulgados pelo IBGE”, acrescentou o dirigente da concessionária.
Outra iniciativa da empresa, com vistas a diminuir as perdas, é a troca de medidores eletromecânicos por aparelhos digitais. “A idéia é trabalhar com o número mais próximo do real possível e o instrumento digital é mais preciso, nesse sentido. Já os medidores eletromecânicos trabalhavam com uma margem de

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email