Multidão acompanha Tocha Olímpica na Praia da Ponta Negra em Manaus

Milhares de pessoas foram à Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus, para acompanhar o revezamento da Tocha Olímpica na capital do Amazonas, neste domingo (19). A Polícia Militar não divulgou estimativa de público.
A Chama Olímpica cruzou Manaus ao longo do dia, percorrendo pontos como a Arena da Amazônia, o Teatro Amazonas, o Mercado Municipal Adolpho Lisboa, a Zona Leste de Manaus, a Ponte Rio Negro, até a praia da Ponta Negra, onde houve apresentações musicais. A Tocha chegou à Ponta Negra por volta das 20h30, com duas horas de atraso.

A cabeleireira Valcinete Trindade, 56 anos, estava entre o público que aguardava a passagem da chama. “Achei muito legal. O evento está seguro. Viemos cedo para acompanhar. Essa terra é muito boa e precisa ser mostrada”, disse ao G1.

“Estamos felizes em ver nossa cidade receber o símbolo Olímpico”, disse a estudante Adriana Guerra, de 26 anos.
Daniel Maciel chegou às 15h ao local da festa para garantir um bom lugar. “Um evento muito bacana. O momento em que a tocha foi acesa foi o mais marcante”, declarou.

Tocha segue Tour pelo Interior

Nesta segunda-feira (20), quando acontece o segundo dia de revezamento da Tocha Olímpica no Amazonas, a chama estende o passeio no território amazonense e vai até alguns dos principais pontos turísticos do Estado, indo até os municípios de Iranduba e Presidente Figueiredo, localizados na Região Metropolitana de Manaus – a 19 e 105 km da capital, respectivamente.
Logo pela manhã, às 8h30, o fogo estará no Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGGS). Depois, volta para o píer do Tropical Hotel, onde começa o trajeto fluvial até a comunidade São Tomé, no município de Iranduba, reduto do boto cor-de-rosa.
Em seguida, vai até a Tribo Dessana, onde será registrada uma imagem da Tocha Olímpica com os indígenas da tribo. Na volta, está incluída no percurso do fogo olímpico uma passagem pela orla do Complexo Turístico da Ponta Negra seguindo até a Ponte Rio Negro. Logo depois, a Tocha segue para a cidade flutuante do Catalão, passando pelas comunidades ribeirinhas e Canoas Caboclas, e encerra a volta pela Região Metropolitana da capital passando pelo Encontro das Águas.
Por volta das 16h, a chama surge no município de Presidente Figueiredo, na cachoeira de Iracema, passa pelas trilhas e grutas. Passa ainda pelo Parque do Urubuí. No dia seguinte (21), pela manhã, embarca para o Acre.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email