Ministério da Economia recua

O Ministério da Economia suspendeu os efeitos da Portaria 309/2019 até 30 de agosto.  Editada em 24 de junho, a matéria reduzia o imposto de importação sobre bens de capital e de informática e telecomunicações que não tenham produção nacional equivalente. Com isso, colocaria em risco a sobrevivência da indústria nacional e a manutenção dos 5 milhões de empregos, diretos e indiretos, gerados pelo setor. Mais de 15 mil deles estão no Amazonas. A decisão é fruto de intensa articulação de parlamentares federais do Amazonas, representantes do setor produtivo e integrantes da equipe econômica.  A mobilização culminou na manhã de ontem, durante reunião nas dependências do Ministério da Economia. Por mais de uma hora, senadores, deputados, do Amazonas e de outros estados, além de empresários, destacaram os efeitos nocivos da iniciativa para a produção brasileira. Se o governo insistisse nisso, o número de desempregados poderia exceder a perversa estatística dos 13 milhões de desempregados hoje existentes no país, inclusive na Zona Franca de Manaus.

OPERAÇÃO

A Polícia Federal realizou ontem em Manaus, Manacapuru e Novo Airão mais uma etapa da operação Arquimedes, que investiga o esquema de fraudes na concessão de licenças ambientais. Desta vez o alvo principal foi o ex-deputado e pecuarista Orlando Cidade (Podemos). Foi realizada busca e apreensão na residência dele e nos escritórios das empresas que mantém nos dois municípios.

INOCÊNCIA

Orlando Cidade, que tentou sem sucesso se eleger deputado federal no ano passado, depois de dois mandatos de deputado estadual, confirmou a busca, mas disse que não sabe do que está sendo acusado e garantiu que vai provar sua inocência diante de qualquer denúncia. Ele é tio do deputado estadual Roberto Cidade (PV).

SEM PIRATARIA

Pela primeira vez uma empresa concessionária de abastecimento de água e saneamento básico expande a rede de distribuição de água para residências construídas em áreas de rip-rap na capital. Na manhã de ontem, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), acompanhou o trabalho que está sendo feito pela Águas de Manaus na rua Santa Maria, bairro Compensa, zona Oeste, beneficiando diretamente mais de 120 famílias, por meio do programa “Vem com a Gente”.

ENERGIA

A necessidade de ampliar a produção e distribuição do gás natural e usá-lo na geração de energia elétrica foi um dos assuntos discutidos pelo governador Wilson Lima com o ministro de Minas e Energia, o almirante Bento Albuquerque, ontem, em Brasília. O ministro disse ao governador que virá ao Amazonas, ainda neste ano, para conhecer as áreas de exploração de petróleo e gás e o trabalho desenvolvido pela Companhia de Gás do Amazonas.

MAIOR INVESTIMENTO

O Governo do Estado ampliou os investimentos para o combate ao câncer no Amazonas, no primeiro semestre deste ano, destinando mais de R$ 40,1 milhões à Fundação Centro de Controle de Oncologia do Amazonas, 20% a mais que em 2018. É o maior volume de recursos aplicado na instituição nos últimos nove anos. Na prática, os valores foram revertidos à compra de quimioterápicos de alto custo, aquisição de insumos e manutenção geral da unidade, que é referência em cancerologia na Amazônia Ocidental.

EM QUEDA

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas divulgou ontem o Boletim Epidemiológico das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, no primeiro semestre de 2019. As três doenças transmitidas pelo mosquito (dengue, chikungunya e zika) estão em queda no estado. Até junho de 2019, houve redução de 81% nas notificações de zika, com 62 casos esse ano, contra 337 no mesmo período de 2018. A dengue reduziu 44%, com 2.381 casos notificados em 2019, e 4.260 em 2018. A chikungunya caiu 18%. Foram 134 casos em 2019, contra 165 notificações no ano passado. 

OFICINA DE ESTRESSE

Batimentos cardíacos acelerados e irritabilidade. Esses são alguns dos sintomas de estresse que serão abordados em nova oficina gratuita sobre o tema, na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas, hoje. A perda do controle emocional, explosão e agressividade são sintomas iniciais de um quadro de estresse, segundo a gerente do Serviço de Psicologia da FCecon, Maria Graciete Ribeiro Carneiro.

PESCA

A Secretaria de Estado da Produção Rural recebeu propostas para desenvolver a Pesca Artesanal no Amazonas, para inclusão de políticas públicas do setor pesqueiro. As propostas foram apresentadas pelo Sindicato dos Pescadores e Pescadoras no Estado do Amazonas, com o objetivo de realizar essa integração com a Sepror para o desenvolvimento do potencial da cadeia produtiva do Estado.  O presidente da Sindpesca, Ronildo Nogueira, afirma que pauta foi principalmente para tratar sobre os ribeirinhos, visando a qualificação e geração de emprego e renda nos municípios.

FRASES

comissão

“Queremos fomentar a atividade de exploração do gás natural e usar cada vez mais para produzir energia limpa no Amazonas.” Wilson Lima (PSC), governador do Amazonas

arthur

“Esse trabalho cumpre um item para que Manaus possa ter um saneamento à altura da metrópole fantástica que é, com vocação mundial.”  Arthur Virgílio Neto (PSDB), prefeito de Manaus, sobre a substituição de ligações clandestinas de água em comunidades carentes

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email