4 de dezembro de 2021

Luso Neto brinda “Nave que ninguém viu”

O artista amazonense traz a seu grande público o clipe do seu mais recente single, disponível nas plataformas digitais, A Nave Que Ninguém Viu, de autoria de Kiko Zambianchi e que faz parte do projeto CD e DVD Luso 20 Anos que será lançado no mês de outubro deste ano.

Neste trabalho de audiovisual, Luso apresenta aos seus fãs e admiradores as primeiras imagens do DVD que faz parte deste novo projeto. O cantor recebeu a música de presente do amigo Kiko Zambianchi.

O videoclipe da Nave Que Ninguém Viu, está disponível no canal na madrugada do dia 2 de outubro e, para brindar mais um feito especial em sua carreira, Luso Neto e sua produção, com o apoio do grande produtor Juca Semen, escolheram o Behpo Gastropub, uma das casas mais badaladas da noite manauara e que conta com um espaço luxuoso e atrativo para quem quer badalar com requinte e segurança na noite de Manaus, observando todas as medidas de segurança sanitária.

O show A Nave, que marca a festa de lançamento no Behpo, acontecerá na noite de sábado (2) e a noite abre com outras atrações a partir das 21h.

DNA’ e ‘Meu Fim, Seu Começo’ no Cine Casarão

Dois filmes do gênero drama – ‘DNA’ e ‘Meu Fim, Seu Começo’ –já estão em cartaz no Cine Casarão, espaço dedicado à Sétima Arte do Casarão de Ideias, localizado no Centro de Manaus. Os ingressos para as sessões podem ser adquiridos no Instagram (@casaraodeideias), ao preço de R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia).

Com direção de Maïwenn, o longa francês ‘DNA’ será reexibido no sábado (2), às 17h30, e no domingo (3), às 18h30. O filme conta a história de Neige, uma mulher divorciada e mãe de três crianças que visita regularmente Emir, seu avô argelino, vivendo em um asilo para idosos.

Estreia

Outra boa pedida em cartaz é ‘Meu Fim, Seu Começo’, com direção de Mariko Minoguchi. Nora é uma jovem que trabalha em um supermercado e tem uma vida entediante. Um dia, ela conhece Natan, e os dois começam um romance intenso.

Mas Nora não consegue se livrar do sentimento de que os dois já se conheciam. E aos poucos essa sensação de déjà vu vai se tornando uma incontrolável paranoia. Você já conheceu alguém que acha que já conhece? Será exibido domingo, 16h30.

Programação

Também na programação do Cine Casarão, o público pode encontrar filmes que já estrearam e seguem em cartaz como: ‘Por Que Você Não Chora?’ (sábado, 15h30), ‘A Última Floresta’ (sábado, 19h30) e ‘Suk Suk – Um Amor em Segredo’ (sexta, 19h30).

Companhia Ateliê 23 lança a série “A Bela é Poc” no Teatro Amazonas

A companhia artística Ateliê 23 vai apresentar três trabalhos audiovisuais produzidos com linguagens diferentes –dança, música e cinema -, por meio da série “A Bela é Poc”. Dirigido por Eric Lima, o projeto vai ter estreia no Teatro Amazonas, no próximo dia 9 de outubro, às 11h. A entrada é gratuita, mas precisa ser agendada no site da Secretaria de Cultura e o comprovante de vacinação deve ser apresentado na entrada do teatro.

Segundo o diretor, a série “A Bela é Poc” terá um videoclipe, um videodança e um curta-metragem que vão relatar as dificuldades do universo LGBTQIA+, no que diz respeito à homofobia.

As obras

O videoclipe “Glowria” mostra a intolerância religiosa, a relação do gay com a fé, com Deus, dentro do ambiente do Cristianismo e como a igreja influenciou na questão do preconceito na sociedade, a partir de registros históricos da homofobia.

O videodança “Azul” tem uma dramaturgia representada pelo bailarino para falar do difícil processo da autoaceitação.

E o curta-metragem “A Bela é Poc” que traz histórias reais na figura de Belinho e como ele foi afetado pela homofobia e a necessidade do afeto.

Disponíveis no YouTube

Eric Lima explica que, após o lançamento, os vídeos “Glowria” e “Azul” vão ficar disponíveis no canal da companhia no Youtube (@atelie23) e as músicas no Spotify. Já o curta está cotado para participar de uma rede de festivais de cinema pelo país. “Nós vislumbramos a projeção nacional e alçar voos cada vez maiores”, declara. “Então só quem for na estreia do projeto vai ter acesso ao curta neste primeiro momento”, informa ele.

EM CARTAZ

  • Espetáculo “Rumo a Joinville” e lançamento do livro “Mulher, Espaço Social e Território”

2 de outubro de 2021/ 18h – Entrada gratuita com transmissão também online –  Teatro da Instalação

Resumo – Em “Rumo a Joinville”, dirigido pelo coreógrafo Wilson Júnior, a Instituição Cultural Arte Sem Fronteiras promove uma amostra de dança para divulgar as coreografias que vai apresentar nos palcos do Festival de Dança de Joinville, em Santa Catarina. Evento contará com o lançamento do livro “Mulher, Espaço Social e Território”, do escritor e advogado, Ernandes Herculano.  

  • Whindersson Nunes – É DE MIM MESMO

3 de outubro – 18h30 / Teatro Amazonas/ Ingressos esgotados

Resumo – Com inegável carisma e talento único para contar histórias, Whindersson Nunes está de volta aos palcos com seu novo show “É DE MIM MESMO”, repleto de momentos hilários, que remetem a diferentes momentos de sua vida e percepções do mundo.

Nesse stand-up, Whindersson fala sobre a vida na pandemia, e o tempo que ficou longe dos palcos. 

*O acesso ao Teatro será mediante agendamento e, de acordo com o Decreto n° 44.542, do Governo do Estado, o público deve apresentar a carteira de vacinação contra a Covid-19 na entrada do evento.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email