Internet sem fio nos PACs da cidade

A população já pode acessar, gratuitamente, a internet banda larga disponível em todos os seis PACs (Pronto Atendimento ao Cidadão) de Manaus – Educandos, Porto/Centro, São José, Compensa, Alvorada e Cidade Nova. A ação é resultado de uma parceria firmada entre a empresa Processamento de Dados Amazonas S/A (Prodam) e a Ouvidoria-Geral, órgãos do Governo do Estado.
O diretor presidente da Prodam, Tiago Paiva, explica que o usuário pode acessar a rede mundial de computadores, utilizando tecnologia wireless (sem fio), com velocidade de 2 megabits.
“A navegação na internet deverá ser feita através de equipamentos móveis, de propriedade do usuário, como celulares, tablets, laptops e netbooks”, esclarece. O internauta, diz ele, precisa apenas fazer o seu cadastramento no sistema, inserindo dados pessoais no campo de autenticação – nome e CPF, além de digitar e confirmar uma senha.
Além do acesso, já disponível, até março cada PAC terá espaços especialmente planejados (baias) para receber os usuários de computadores portáteis (laptops e netbooks), com maior conforto. “Independente do espaço físico, o cidadão terá acesso ao sistema, estando em um raio de até 300 metros de distância do PAC”, frisa Tiago Paiva. Segundo ele, o investimento inicial destinado à instalação da rede foi de R$ 70 mil.
O diretor destaca que a iniciativa faz parte do projeto Amazonas Digital, desenvolvido pelo órgão, com a missão de promover a inclusão digital junto às populações sem acesso aos recursos de Tecnologia da Informação e Comunicação.
O diretor adianta que a Prodam já está realizando estudos de viabilidade técnica, que deverão resultar no acesso à internet, sem fio, também em delegacias e em escolas da rede pública, na próxima fase do Projeto Amazonas Digital.
A ouvidora-geral do Estado, Zanele Teixeira, frisa que o serviço irá ampliar os esforços da Ouvidoria na área de inclusão digital. O órgão já disponibiliza, nos PACs, curso básico de informática, como parte do seu programa de inclusão, que já promoveu a formação de mais de 7 mil pessoas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email