13 de abril de 2021

Delegacia da Receita Federal recolhe 22,85% a mais no AM

A arrecadação tributária federal jurisdicionada pela Delegacia da Receita Federal em Manaus, que engloba todos os tributos federais, inclusive a receita previdenciária, foi 22,85% maior na comparação de junho com igual mês de 2010

A arrecadação tributária federal jurisdicionada pela Delegacia da Receita Federal em Manaus, que engloba todos os tributos federais, inclusive a receita previdenciária, foi 22,85% maior na comparação de junho com igual mês de 2010, sem descontar a inflação em consideração. Deflacionado pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) dos últimos 12 meses (6,71%), o crescimento foi de 15,12%. O valor arrecadado pela Delegacia em Manaus representou, no mês, 49,11% do total arrecadado na 2ª Região Fiscal (que engloba os Estados do Norte, com exceção de Tocantins).
O crescimento do recolhimento federal no Amazonas durante o acumulado do ano foi 20,16% maior em valores nominais. Em termos reais, a arrecadação da delegacia foi 13,01% maior.
O órgão atribui o desempenho ao incremento das atividades econômicas, elevação da massa salarial e ações pontuais de fiscalização e cobranças desenvolvidas pela unidade de Manaus. Entre elas, o fisco destaca ações especiais de fiscalização, aliadas ao processo de refinamento na coleta e tratamento das informações de forma mais célere e maior articulação com outros órgãos, como Semef, Sefaz e Tribunal de Contas do Estado.
A Receita, contudo, identificou parcela considerável de contribuintes com alto peso na arrecadação global, que “de forma inexplicável” apresentaram queda nos recolhimentos, os quais serão chamados para se explicarem ao fisco.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email