18 de abril de 2021

Contratações começam tímidas no ano no Amazonas

Mesmo com a pandemia, o número de pessoas inseridas ao mercado de trabalho em 2020, chegou a 156.990 com 10.205 novos postos de emprego. Os dados foram divulgados pela Setemp (Secretaria Executiva do Trabalho e Empreendedorismo) órgão vinculado à  Sedecti (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação). 

De acordo com a titular da Setemp, Neila Azrak, nos primeiros meses avaliados e disponíveis para relatório em 2021, foram oferecidas 45 vagas, com encaminhamento de 126 candidatos, obtendo o resultado de 18 contratados, ou seja, taxa de 47% de aproveitamento. “Assim, da análise dos dados disponíveis, percebemos que, mesmo ante as adversidades da pandemia, o mercado não parou quanto às contratações, tão somente se readaptando à nova realidade e às tecnologias disponíveis”.

Conforme o levantamento, no ano passado,  a vaga mais oferecida foi a de alimentador de linha de produção, com 1.120 vagas, seguidas por faxineiro (306), vendedor de comércio varejista (279). Este ano, a oferta de vagas se concentrou na de eletricista de instalações, cerca de 100 vagas, seguida por vendedor em domicílio (47), alimentador de linha de produção (18). O que significa que o setor de serviços e a indústria ainda lideram o número de contratações.

A secretária executiva do órgão, reforça que a Setemp surge como um grande canal no sentido de facilitar o direcionamento destes profissionais conforme a demanda no mercado.

“Por meio do departamento de promoção ao trabalho, destaca uma gerência para atender integralmente as demandas relacionadas à intermediação de mão de obra. Além da preocupação da secretaria com a intermediação dos usuários, a Setemp oferece todo seu espaço, contendo auditórios, salas e servidores para auxiliar as empresas em seus processos de seleção”, destacou.

Ela complementa que a Secretaria vem se adaptando à nova realidade do mercado, apresentando seleções online, bem como informatizando seu atendimento para melhor atender ao cidadão, mantendo assim o serviço sem interrupção. “Ainda assim, a secretaria acompanha também as novas necessidades das empresas, buscando estratégias para unir o trabalhador e a vaga disponível”. 

De acordo com os dados fornecidos pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), o saldo comparativo entre os anos de 2019 e 2020 é positivo, no momento em que muitos setores pararam o trabalho no Estado.

Ela destaca ainda que o setor de intermediação de mão de obra da Setemp, também continuou em crescimento na captação de vagas e currículos, e chegou a ultrapassar a marca de 114 mil e-mails recebidos, conforme as vagas que as empresas disponibilizaram durante esse período, o recrutamento e seleção dos trabalhadores por meio de processos seletivos, obtiveram cerca de 2.592 pessoas admitidas por empresas parceiras. 

Alavancando oportunidades

Entre os números dos admitidos está Diogo Lima, 22, que passou por todo processo seletivo e garantiu o primeiro emprego de carteira assinada e com todos os benefícios. Ele faz parte do quadro de funcionários de uma empresa no Distrito Industrial. “Até agora, eu não acredito que eu consegui uma oportunidade, ainda mais em época de pandemia que tudo está tão difícil”. Ele diz que a colocação no mercado de trabalho é o primeiro passo para outros sonhos. “Eu quero ter condições de pagar a minha faculdade e fazer economia para comprar um apartamento”, conta ele.  

O responsável por uma área de engenharia de produção no PIM, Joabe Cruz, comenta que a indústria permanece como uma área próspera para contratações. Ele conta que durante a pandemia muitas vagas foram ofertadas e cerca de 10% foram ocupadas, muito em função da demanda das produções de fim de ano atreladas ao fôlego que o setor vinha ganhando ao longo de 2020.  “Passamos por um período de desafios para a indústria, mas vencemos as adversidades e eu acredito que este ano vamos conseguir driblar ainda mais a crise e aumentar as oportunidades de novos postos de trabalhos no polo”. 

Para a Titular da Setemp, Neila Azrak, esse desempenho é sinal de que o trabalho não parou em momento algum: “sabemos que esse período não foi fácil pra ninguém, mas nosso dever é dar suporte aos cidadãos amazonenses, com os serviços que nós temos a oferecê-los e com o apoio do Governo do Amazonas, oferecer as melhores oportunidades de emprego a todos”, relatou. 

Por dentro

Conforme dados retirados do banco de gestão da intermediação de mão de obra, em 2019, foram oferecidas 10.072 vagas de emprego, sendo encaminhados 15.020 candidatos, obtendo o resultado de colocados (admitidos) em 3.980 candidatos.

Atendimento online

De acordo com os dados levantados pela Setemp, o Sine Amazonas também não mediu esforços quanto ao atendimento ao público neste período de isolamento social e os dados levantados, mostram que foram realizados 6.317 atendimentos em 2020 por meio do WhatsApp, canal disponibilizado para o público, onde serviços como orientação do Seguro-Desemprego, Carteira de Trabalho Digital, cadastro para empregos eram solucionados simultaneamente, visando a segurança do público. 

O atendimento do Sine Amazonas permanece online devido ao decreto governamental que visa combater a Covid-19. Entre em contato conosco por meio do WhatsApp (92) 98433-5624 ou se preferir através dos e-mails abaixos: 

Carteira de Trabalho Digital: [email protected]

Seguro-Desemprego: [email protected]

Envio de Currículos: [email protected]

Cadastro de empregos: [email protected]

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email