Conheça a nova Ducati Multistrada 950S

Há exatos três anos chegava ao Brasil a versão mais comportada da Ducati Multistrada, a 950, produzida em Manaus, AM (veja aqui). Comportada mas não tanto, pois continuava sendo uma italiana de sangue quente. Só que, com uma cilindrada pouco menor que a das irmãs 1200 e bem mais leve e ágil, essa motocicleta me conquistou. Era, também mais barata do que as Multistrada maiores.

Ducati Multistrada 950 agora dá lugar à Ducati Multistrada 950S , que chega com a mesma mecânica da antecessora mas com muito mais equipamentos eletrônicos. Visualmente, chega a ser difícil distiguir as duas versões, mas as rodas raiadas de série não deixam dúvida de que se trata da Ducati Multistrada 950S 2021.

A apresentação da nova Ducati Multistrada 950S foi feita em uma live na internet, mas desta vez eu pude ir até lá para conhecer a motocicleta de perto. Em breve estarei pilotando uma pelas ruas e, preferencialmente, por estradas.

Além das rodas raiadas, que têm construção de forma a permitir o uso de pneus sem câmara, a nova Multistrada 950S ganhou uma série de itens eletrônicos de conveniência e segurança, como o cruise control (erroneamente conhecido por piloto automático), quick shift DQS (permite troca de marchas ascendentes e descendentes sem usar a embreagem), e suspensões semiativas totalmente eletrônicas DSS (compressão e retorno são continuamente ajustados durante a pilotagem).

O novo sistema eletrônico de medição inercial de seis eixos IMU controla diversos sistemas na motocicleta, desde o Cornering ABS dos freios, que podem ser acionados em curvas, com a motocicleta inclinada, até o desligamento dos piscas, pois o sistema entende que a conversão terminou quando a motocicleta volta à vertical.

 Picape média elétrica JAC iEV 330P estreia

A JAC inicia oficialmente as vendas da picape média elétrica iEV 330P, modelo que estreia com preço de R$ 289.900 oferecendo uma autonomia de até 320 quilômetros com uma carga de bateria. A picape teve 25 unidades vendidas na pré-venda, com as primeiras entregas programadas para janeiro de 2021.

Com 5,615 m de comprimento, a iEV 330P é quase 30 cm mais longa do que modelos como Chevrolet S10 e Ford Ranger, resultado da adoção de uma caçamba com dimensões mais próximas da utilizada nos utlitários de cabine simples e capaz de levar até 800 kg de carga.

Equipado com um conjunto de baterias de ferro-lítio, com capacidade máxima de 67,2 kWh, a iEV 330P usa um motor com 150 cv de potência e torque de 33,7 kgfm desde a partida. Números próximos ao dos valores máximos do motor 2.0 diesel de uma Volkswagen Amarok S.

Autoescola opcional para tirar a CNH?

Uma proposta que tramita na Câmara dos Deputados prevê tirar a obrigatoriedade de frequentar uma autoescola para poder tirar a CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Este é o ponto central do Projeto de Lei 4.474/2020, do deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP).

O deputado argumenta que a ideia de dispensar a autoescola é para tornar “menos burocrático e custoso” o processo da CNH. Atualmente, o candidato a motorista precisa cursar 45 horas de aulas teóricas em um CFC (Centro de Formação de Condutores) e ser aprovado em uma prova, para então seguir para as 25 aulas de direção em autoescola que precedem o exame prático.

Pela proposta, o candidato a motorista poderá optar por realizar a instrução teórica por conta própria, tendo apenas que ser aprovado no exame teórico — que deverá ser o mesmo dos condutores formados no CFCs — para ser autorizado para as lições práticas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email