16 de maio de 2021

Comércio reforça ações solidárias no Amazonas

O Sistema Comércio tem se mobilizado nos últimos dias para ajudar o Amazonas, que enfrenta um momento de extrema dificuldade por conta da pandemia do novo coronavírus. A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) comprou 100 cilindros de oxigênio para enviar ao estado. A entidade está adquirindo, ainda, equipamentos de proteção individual (EPIs) e oxímetros, que também serão disponibilizados, em forma de doação.

Natural do Amazonas, o presidente da CNC, José Roberto Tadros, se solidarizou com o povo amazonense e reafirmou que toda infraestrutura e capilaridade do Sistema Comércio, atuante em diversas regiões do estado, estão à disposição do poder público municipal e estadual, como forma de apoio no enfrentamento à covid-19. “Essa situação não pode continuar. Oferecemos nosso apoio irrestrito às pessoas e às autoridades, para que possam ser construídas condições reais de solução dos problemas. Estamos à disposição para colaborar no que for necessário”, afirmou Tadros, mencionando a criação de um grupo de trabalho para tratar do tema na CNC e a criação do Movimento SOS Manaus.

A CNC e a Fecomércio-AM, em conjunto com seus braços socias, Serviço Social do Comércio (Sesc) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), estão trabalhando de forma coordenada por meio do SOS Manaus, com o objetivo de auxiliar o governo do Amazonas no atendimento a pacientes com a covid-19.

Distribuição de oxigênio

Como uma das ações desse movimento, o Sesc e o Senac Amazonas disponibilizaram quatro caminhões e uma van para o transporte de cilindros de oxigênio na região. Os veículos conseguem levar mais de 15 toneladas de equipamentos e, até esta segunda-feira, já transportaram 2.237 cilindros para unidades de saúde da capital. A ação visa acelerar a distribuição dos insumos, já que, por conta da grande demanda de internações por covid-19, cada vez mais pacientes vem precisando fazer o uso de ventilação mecânica e oxigênio.

Sesc e Senac têm ajudado ainda na transferência entre leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) e na arrecadação e entrega de kits com lanche e água a profissionais de saúde e acompanhantes de pacientes – já foram entregues cerca de 400 kits até o momento.

Teleatendimento

O Sistema Comércio também tem se movimentado internamente para auxiliar os colaboradores mais afetados pelo surto da doença. A CNC, por meio dos profissionais que trabalham na Gerência Executiva de Saúde (Serbem), vai prestar teleatendimento emergencial, oferecendo orientações e esclarecendo dúvidas dos funcionários da Fecomércio, Sesc e Senac em Manaus, com atendimento extensivo aos seus familiares.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email