CNI aponta que industria manterá o crescimento da economia neste semestre

A exemplo do que aconteceu no segundo trimestre deste ano, a indústria de transformação vai continuar puxando o crescimento da economia no segundo semestre e, com isso, o PIB (Produto Interno Bruto) -a soma das riquezas produzidas no país- crescerá próximo dos 5% previstos pelo governo, afirmou ontem o presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria), Armando Monteiro Neto.
“O crescimento no terceiro e no quarto trimestre não será tão forte quanto o registrado no segundo trimestre, mas de qualquer maneira será um crescimento que ao final vai garantir a consecução dessa meta próxima de 5%. Com a indústria de transformação, diferentemente dos prognósticos que existiam no início do ano, puxando o crescimento do país”, avaliou Neto.
O PIB do segundo trimestre subiu 5,4% ante o mesmo período do ano passado, puxado pelo crescimento da indústria, de acordo com dados divulgados ontempelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Na comparação com o primeiro trimestre, a alta foi de 0,8%. Entre os setores que compõem o PIB, a indústria teve o maior crescimento, tendo subido 1,3% no segundo trimestre na comparação com o primeiro trimestre deste ano. O setor de serviços subiu 0,7% e a agropecuária cresceu 0,6%.
“É importante registrar que quando a economia brasileira tem um desempenho maior, a indústria sempre puxa esse processo de crescimento”, disse Monteiro Neto. Ele lembrou ainda que a capacidade produtiva também está se expandindo. “E isso é muito importante para que se promova um processo de crescimento que não nos conduza a pressões inflacionárias no futuro, ou seja, é importante crescer ampliando a oferta de bens”, argumentou o dirigente.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email