Cida Gurgel denuncia descaso nas feiras

Com o plenário quase vazio, a CMM (Câmara Municipal de Manaus) teve poucos assuntos a debater ontem. A vereadora Cida Gurgel (PRP) vai ao MPE (Ministério Público Estadual) solicitar investigação sobre suposto superfaturamento na reforma da Feira do Produtor do Santo Antônio, zona Oeste. A parlamentar deve entrar com representação contra a prefeitura no MPE hoje. Orçada em R$ 1,3 milhão, a obra é de responsabilidade da FG Engenharia Ltda, vencedora da licitação, mas a empresa solicitou um termo aditivo para concluí-la. Cida usou a tribuna durante a sessão desta terça-feira (21) para cobrar providências da prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Feiras, Mercados e Abastecimento, que tem como titular José Aparecido. “Eu questionei o ex-secretário sobre o aditivo de R$ 1,3 milhão que foi liberado, e quase nada foi feito na feira. Estive lá e mostrei na tribuna da Câmara as fimagens de como se encontrava a feira. A situação atual é uma questão de saúde pública. São esgotos entupidos, infiltração nos telhados, banheiros que não estão completamente terminados, bancas quebradas”, enumerou a vereadora.
Gurgel disse ainda que foram prometidos aos permissionários boxes novos e padronizados, o que não aconteceu, na prática.
“É um total descaso. Como moradora do bairro e cliente da feira do Santo Antônio eu me vi na obrigação de denunciar e vou recorrer ao Ministério Público. Até porque partiu de mim a indicação para o prefeito fazer a reforma da feira. Eu estive pessoalmente com o prefeito Amazonino Mendes quando ele autorizou a obra, mas infelizmente parou e não podemos nos calar”, afirmou Cida Gurgel.
Para o vereador Wilker Barreto, a situação não é tão simples. Barreto lembrou que a situação das feiras de Manaus tem sido caótica há vários anos. O vereador jogou a culpa nos prefeitos dos últ 10 anos.
“A maioria das feiras está condenada. A dimensão do abandono é tanta que para se recuperar estes espaços vai se gastar R$ 30 milhões, ou seja, sem construir nem uma feira. Só fazendo recuperação dos locais que já existem. Como fica o administrador? Nós temos hospitais para reformar, infraestrutura a fazer,ou seja, por isso o desafio de se recuperar todo o sistema de abastecimento de que precisamos. Eu tenho certeza que o prefeito Amazonino vai fazer um esforço grande para melhorar as feiras de Manaus. O que eu quero alertar é que não é tão simples de se resolver”, defendeu.
O vereador, que é da base aliada de Amazonino Mendes, aproveitou a oportunidade para criticar administrações anteriores.
“Se há dez anos atrás o administrador tivesse recuperado três ou quatro feiras dessas seria mais fácil. Mas nada disso foi feito em relação às feiras de Manaus. A ultima reforma que teve foi na Manaus Moderna e quem fez foi o prefeito Amazonino Mendes em 1996. Então, a dimensão dos gastos é a dimensão também do poder público nos últimos anos”, reclamou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email