9 de maio de 2021

Gás natural registra saldo positivo na arrecadação de ICMS

Mesmo com os impactos na economia ocasionados pela pandemia da Covid-19, a cadeia de valor do gás natural, que possui a Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) como um de seus atores no estado, registra saldo positivo na arrecadação de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O período de referência compreende os meses de janeiro a novembro de 2020.

A cadeia do gás natural, nos 11 primeiros meses do ano, arrecadou R$ 490 milhões de ICMS. Esse valor representa uma variação de 3% em relação ao mesmo período do ano passado, quando a arrecadação foi de R$ 476 milhões.

Nos últimos 10 anos, a cadeia do gás natural garantiu ao Estado em torno de R$ 3,6 bilhões, em valores corrigidos, de arrecadação de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços. Esse montante arrecadado pelo segmento tem contribuído para o fortalecimento da gestão fiscal do Governo do Estado e para o aumento de sua capacidade de investimento em áreas como saúde, educação e segurança pública, com impacto na qualidade de vida da população.

“O gás natural de Urucu é um patrimônio da população amazonense e com uma década de operação comercial, a Cigás tem realizado investimentos, ao longo dos anos, com o intuito de garantir que o gás natural beneficie mais segmentos da sociedade, além de contribuir com a arrecadação tributária do Estado e a geração de emprego e renda”, destacou o diretor-presidente da Cigás, René Levy Aguiar.

Mais investimentos 

Além do impacto significativo na arrecadação da cadeia de valor do seu ramo de atuação, a Companhia objetiva ampliar a parcela da população beneficiada com o produto.

Para tanto, prevê aplicação de recursos da ordem de R$ 37,8 milhões no próximo ano. Até 2019, a Cigás contabiliza investimento superior a R$ 550 milhões, em valores corrigidos.

Sobre a Cigás 

Concessionária de serviços públicos, no Amazonas, que atua na distribuição e comercialização de gás natural para os mais diversos segmentos, a Companhia de Gás do Amazonas completou 10 anos de operação no estado, neste mês de dezembro.

Desde então, houve crescimento de 176% no volume médio de gás natural comercializado, pela Cigás, que ocupa a terceira posição no ranking nacional de volume de gás comercializado, conforme levantamento mais recente da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás).

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email