Bradesco atinge R$ 50 bi na carteira de investimentos

A Bradesco Vida e Previdência anunciou no último dia 26 de setembro a conquista da marca de R$ 50 bilhões em sua carteira de investimentos. Marco Antonio Rossi, diretor-presidente da Bradesco Vida e Previdência, afirmou que esse número é reflexo de uma série de fatores conjuntos. “Mas o principal deles”, ressaltou, “é o caráter de inovação e pioneirismo da empresa ao longo da sua trajetória de 26 anos”.

“Em 1984, quando a Bradesco Vida e Previdência completou 13 anos –a primeira metade da sua história até agora atingimos o primeiro R$ 1 bilhão em carteira. E nesta segunda metade, evoluímos de R$ 1 bi para R$ 50 bilhões, o que muito nos orgulha”, destacou Rossi.

Segundo o diretor-presidente, por trás destes números, além da segurança e solidez do maior banco privado do país e da importância do canal de distribuição do banco, estão o pioneirismo da empresa no ramo de Previdência e de Vida e o desenvolvimento constante de novos produtos, focados em públicos específicos.

Rossi lembrou ainda a presença de Corretores de Seguros altamente qualificados, que comercializam produtos da Bradesco Vida e Previdência em todo o território nacional, “sempre prontos a oferecer soluções em Previdência Complementar e Seguros de Pessoas aos clientes, orientando-os corretamente a respeito do produto mais indicado ao seu perfil”.

Além disso, Rossi acrescentou o aumento da longevidade do brasileiro e a maior sensibilização da população quanto à necessidade de se planejar o futuro como outros fatores que contribuem para um maior interesse por planos de previdência complementar.

“Estamos muito otimistas neste cenário”, afirmou. Para o diretor-presidente da Empresa, a expectativa para este ano é ainda mais expressiva: a Bradesco Vida e Previdência aposta em um crescimento de 12% na carteira de investimentos para as áreas de seguro de vida e previdência ainda em 2007.

Atualmente, a empresa registra quase 11 milhões de participantes e segurados em planos individuais e empresariais e aproximadamente 40 mil empresas conveniadas. Segundo Rossi, a marca de R$ 50 bilhões aumenta a segurança dos participantes. “O volume significativo da Carteira, aliado ao grande número de participantes dilui o risco, permite obter margens melhores de rentabilidade para o cliente”.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email