Bancos oficiais oferecem R$ 26,5 milhões em linhas de crédito para agronegócios

Um total de R$ 26,5 milhões em linhas de crédito de investimento para o agronegócio e financiamento dos bens ofertados pelos expositores na Expoagro. Esse é o valor disponível para produtores rurais, pessoas físicas e jurídicas que procurarem os estandes do Banco do Brasil, Basa (Banco da Amazônia S/A) e Afeam (Agência de Fomento do Estado do Amazonas).
Estas linhas permitem a aquisição dos bens indispensáveis à produção e modernização da agricultura brasileira, como máquinas e tratores.
Os prazos de pagamento variam de dois a 12 anos. Taxas de juros, de 4,5% a 6,75% ao ano, são fixas para médios e grandes produtores, dependendo da linha de crédito utilizada.
Os mini e pequenos produtores rurais do Estado do Amazonas que são beneficiários do Pronaf (Programa Nacional de Agricultura Familiar) têm disponíveis recursos durante o ano todo com juros que variam de 0,5% a 4% ao ano fixos.

Licenciamento ambiental

Para acessar as linhas de crédito oferecidas pelo Banco do Brasil é necessário ser cliente do banco e ter limite de crédito disponível para investimento. Para imóveis beneficiados pelo financiamento é necessário possuir o CCIR (Certificado de Cadastro de Imóvel Rural) e licenciamento ambiental vigentes.
A Afeam promete injetar na feira R$ 1,5 milhões para atender a demanda de crédito para o setor rural. A taxa estipulada pela agência estadual é de 6% ao ano com bônus de adimplência de 25% sobre a taxa, reduzindo o encargo para 0,37% ao mês.
Já o Basa só deve financiar o que estiver exposto na feira agropecuária. Somente animais de procedência de melhoria genética serão financiados pelo Basa. A taxa de juros é de 5% ao ano para pequeno produtor, 8,25% para o médio produtor e 9% para produtores de grande porte. O bônus de adimplência é de 15% sobre os juros. A exigência para se acessar o crédito é a documentação do CCIR.

Qualidade do rebanho

Na avaliação do titular da Sepror (Secretaria de Estado da Produção Rural), Eron Bezerra, o objetivo principal da Expoagro é estimular a comercialização de animais que possuam genética capaz de contribuir para a melhoria da qualidade do rebanho do Estado, tanto para o gado de corte, quanto para o gado leiteiro. “Estaremos qualificando a produção com cursos e palestras voltadas para o aprimoramento do setor primário”, encerrou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email