Atraso nas obras do aeroporto Eduardo Gomes será assunto de audiência

A Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado aprovou, por unanimidade, nesta quinta-feira, requerimento da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), que pede a realização de audiência pública para debater a situação do aeroporto internacional Eduardo Gomes.
A senadora solicitou que o presidente da Infraero, Antônio Gustavo Matos do Vale, vá ao Senado explicar porque as obras do aeroporto de Manaus, que visam à copa de 2014, estão tão atrasadas.
Com 35 anos de intenso funcionamento, o maior fluxo de passageiros da região Norte que registrou 2,3 milhões de passageiros o ano passado, o aeroporto é estratégico para que Manaus sedie jogos da copa.
A senadora alega que as informações sobre o andamento das obras estão confusas e controversas.

Informações erradas

“No documento 1º Balanço das Ações do Governo Brasileiro para a realização da Copa do Mundo Fifa 2014, divulgado em janeiro deste ano pelo Ministério dos Esportes, está tudo perfeito. Mas as informações que temos sobre a ampliação é de que as obras só deverão ser concluídas meses após o torneio. Nem o projeto básico está pronto. Queremos saber qual a verdade dos fatos”, justificou Vanessa.
A senadora lembrou que o aeroporto de Manaus é o terceiro maior do Brasil em transporte de cargas.
“Enche os cofres da Infraero e não é tratado com o devido respeito. Queremos que a Infraero traga para a audiência toda a documentação sobre o aeroporto Eduardo Gomes e que nos esclareça porque as obras já começaram atrasadas, o que as está emperrando e quais as expectativas de elas entrarem no cronograma correto para garantirem os jogos em Manaus. Lutamos muito para trazer a copa ao nosso Estado, e agora não vamos abrir mão desse sonho ”, insistiu a Vanessa.
A parlamentar tem usado a tribuna do Senado com frequência para criticar duramente a Infraero e cobrar solução para o problema da infraestrutura aeroportuária de Manaus.
O projeto prevê a reforma e ampliação do terminal de passageiros e adequação do sistema viário. O investimento previsto é de R$ 327, 4 milhões.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email