Amazonenses são menos inadimplentes

A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada na última quarta-feira (29) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), revelou um aumento no percentual de famílias que relataram ter dívidas entre cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, empréstimo pessoal, prestação de carro e seguros.
No mês de maio, 64,3% das famílias brasileiras afirmaram ter tais dívidas, contra 62,9% observados em abril. Na comparação anual a alta foi ainda maior: em maio de 2012 as famílias endividadas somavam 55,9%.
Outro item avaliado nacionalmente na Peic, o percentual de famílias com dívidas ou contas em atraso também aumentou na comparação mensal: passou de 21,5% no mês passado para 21,6% em maio. Houve queda, no entanto na comparação anual, que foi de 23,6% em 2012.
O percentual de famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso apresentou trajetória semelhante, alcançando 7,5% em maio de 2013, ante 6,7% em abril de 2013 e 7,8% em maio de 2012.

Amazonas

O Amazonas, porém, segue na contramão da estatística. De acordo com o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus – CDLM –, Ralph Assayag, a inadimplência no Amazonas está em uma zona bastante confortável com relação aos índices de endividamento familiar.
“Nós temos uma inadimplência menor que a nacional, o índice de endividamento aqui no Estado gira em torno de 23%, o que significa 3,2% de tudo o que é vendido no Estado”, disse. Ele explica ainda que este índice vem apresentando queda, já que em 2012 os endividados eram 26%.
Ainda segundo Assayag, o Amazonas também está dentro do percentual aceitável de comprometimento da renda familiar com as dívidas, que é de 30%.
“Nós temos tido bons resultados com relação a pagamentos porque nós ainda temos um volume grande de empregos e melhorias nos ajustes salariais”, justificou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email