Amazonas já contabiliza quase 100 mil pessoas que venceram a Covid-19

O Estado já contabiliza quase 100 mil pessoas recuperadas da Covid-19, segundo o último balanço da FVS-AM (Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas). Só nas últimas 48 horas, pelo menos 643 pacientes venceram a doença na região.

Agora, o total de diagnósticos confirmados do novo coronavírus chega a 84%. Até a quinta-feira (20), o Amazonas registrava 3.551 mortes – 2.188 só em Manaus e 1.363 nos municípios do interior do Estado.

Em todo o Brasil, o número de casos confirmados da doença passou dos 3,5 milhões, segundo o Ministério da Saúde. E o total de mortes registrou 112.304 até a última quinta-feira, sendo que 3.187 óbitos suspeitos ainda estão sob investigação.

De acordo com a FVS-AM, foram confirmados mais 743 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. E cinco pacientes morreram com a doença nesse período. A fundação aponta que 13.772 novas pessoas testaram positivo e estão sendo acompanhadas por médicos, o que equivale a 12% das ocorrências ativas confirmadas até agora.

A rede hospitalar do Amazonas registra 166 pacientes internados – 106 em leitos clínicos (11 na rede privada 95 na rede pública). E 60 deles estão em UTI (23 na rede privada e 37 na rede pública. Outros 56 pacientes suspeitos aguardam a confirmação dos diagnósticos – 36 estão em leitos clínicos e 21 em UTI.

A Susam (Secretaria de Saúde do Amazonas) divulgou que a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid era de 24%. E estavam ocupados 26,3% dos leitos clínicos. “Existem pacientes internados ainda em estado grave nas UTIs, entubados, alguns há mais de um mês, que podem evoluir com desfecho fatal”, disse a diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto.

A Covid-19 já está presente em 61 dos 62 municípios do Amazonas. Dos 114.335 casos confirmados no Estado, 40.366 são de Manaus (35,31%) e 73.969 (64,69%) foram notificados no interior.

Divergências

Os números da FVS-AM sobre a pandemia não batem, porém, com os levantamentos do consórcio nacional de imprensa, apontando um ligeiro crescimento no número de casos e mortes no Amazonas.

Na quinta-feira, o Jornal Nacional, da Rede Globo de Televisão, anunciava que a Covid-19 avançava somente em dois Estados – no Amazonas e no Distrito Federal. A diretora da FVS-AM refuta, no entanto, as informações. “Não há tendência que possa indicar elevação na curva de crescimento da pandemia”, garante ela. “E nem a possibilidade de uma segunda onda de contágio na região”, acrescentou.

O presidente do CRM-AM (Conselho Regional de Medicina do Amazonas), José Bernardes Sobrinho, disse que só a testagem em massa poderá mensurar o quanto a pandemia avançou no Estado. “Mas é visível que as pessoas estão levando o novo coronavírus para os municípios do interior”, avalia.

O Ministério da Saúde divulgou que 736.264 pessoas estão sendo acompanhadas pelas secretarias estaduais de saúde em todo o País. E o número de pacientes que se recuperaram da doença chegou a 2.653.407.

O governo federal anunciou que os recursos repassados a Estados e municípios para as medidas de controle da Covid-19 totalizaram R$ 19,9 bilhões. O montante representa 47% dos R$ 41,7 bilhões em créditos extras da União para ações contra a pandemia.

E já foram investidos mais de R$ 70 milhões para garantir a saúde dos povos tradicionais e indígenas da Região Norte, segundo o Ministério da Saúde.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email