19 de agosto de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Ageman é destaque em encontro nacional das agências de regulação

A marca de 100 mil famílias beneficiadas com a Tarifa Social Manauara e a implantação de 2,5 mil metros de redes aéreas de água tratada nas áreas de palafitas de Manaus chamaram a atenção de especialistas durante a realização do 4º Encontro Nacional das Agências de Regulação (Enarmis), que terminou na sexta-feira passada, em Florianópolis – SC.

https://www.manaus.am.gov.br/wp-content/uploads/2022/08/AGEMAN1-720x407.jpeg

Foto divulgação Agemam

Os assuntos foram apresentados pelo diretor-presidente da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), Elson Andrade, durante participação dele no painel intitulado “Experiências em Fiscalização da Prestação dos Serviços de Água e Esgoto”, que fez parte da programação do evento.

 “Eles ficaram impressionados com o trabalho que foi feito para garantir esse número expressivo de famílias beneficiadas com a Tarifa Social e com o volume de água que estamos disponibilizando, visto que em outras capitais o benefício contempla 10 metros cúbicos e aqui em Manaus ofertamos 15 metros cúbicos”, afirmou Andrade.

Sobre a implantação de 2,5 mil metros de redes aéreas nas áreas de palafitas, medida tomada pela concessionária Águas de Manaus para proporcionar melhor qualidade de vida às famílias residentes em localidades alagadas pela cheia do rio Negro, Andrade disse que o fato não é comum nas demais regiões do país como nas capitais do Nordeste e Centro-Oeste, por isso a iniciativa chamou a atenção dos participantes do 4º Enarmis.

 “Em algumas localidades do Norte, a cheia dos rios é comum e a iniciativa foi bastante comentada, inclusive pelos representantes das demais regiões onde esse fenômeno da cheia não faz parte do cotidiano deles”, disse Andrade.

Outro ponto importante destacado pelo diretor-presidente da Ageman durante o evento foram as experiências com resíduos sólidos apresentadas pelas agências reguladoras de capitais da região Nordeste, como é o caso de Teresina, no Piauí.

 A Ageman ainda não regula os resíduos sólidos, mas tão logo ocorram os novos certames, passaremos a regular e fiscalizar esse serviço e conhecer como o Estado do Piauí e a capital Teresina conduzem a regulação e a fiscalização dos resíduos sólidos, que também engloba o saneamento básico e é muito importante para os passos futuros que iremos dar”, disse Andrade.

 Homenagem

 Durante o 4º Enarmis, a organização do evento fez uma homenagem ao ex-presidente da Ageman, Fábio Augusto Alho da Costa, pelos relevantes serviços prestados em prol do fortalecimento e da autonomia das agências reguladoras intermunicipais, municipais e estaduais, bem como pela regulação do saneamento no Brasil. Fábio deixou a presidência da Ageman em março deste ano, quando passou a assumir a coordenação do gabinete do prefeito de Manaus, David Almeida.

Prefeitura de Manaus cadastra mais de 3 mil taxistas para receber benefício

A Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), vai facilitar o repasse de benefícios aos taxistas de Manaus e já cadastrou no sistema disponibilizado pelo Governo Federal, os dados de 3.723 taxistas elegíveis a receber o “Benefício Taxista”.

O pagamento ocorrerá por meio da portaria MTP 2162/2022 que prevê o auxílio aos taxistas de todo país. O Ministério do Trabalho e Previdência fará a análise final de toda a documentação, cruzando dados como CPF e CNH dos taxistas.

A definição das datas, dos valores e da quantidade de parcelas a serem pagas é de responsabilidade do Governo Federal, que fará os repasses diretamente aos beneficiados.

 Zona Azul inicia no Vieiralves e agentes fazem  orientação

A Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), acompanha as atividades do sistema Zona Azul Manaus que iniciou sua fase de retorno no bairro Vieiralves, desde segunda-feira (1º), em caráter educativo, ou seja, estará funcionando, sem cobrança.

As equipes de monitoramento terão 16 agentes, sendo oito por turno trabalhando na orientação dos condutores que ocuparem as vagas na área.

Como ocorreu no Centro de Manaus, esta primeira semana é dedicada à orientação dos usuários sobre o uso do aplicativo e ainda as formas de pagamento, além dos benefícios que o sistema proporciona para quem desejar estacionar nas ruas públicas do Vieiralves.

De acordo com o diretor de Operações de Trânsito do IMMU, Stanley Ventilari, se houver disciplina, todos poderão usufruir das vagas e o trânsito ficará melhor. “Nosso objetivo é garantir o ordenamento da via e a fluidez do trânsito. Com isso, o tráfego vai ficar melhor para todos, especialmente nessa área que é muito comercial”, disse o diretor.

As equipes de trânsito trabalham para que haja melhor fluidez e organização dos carros estacionados.

O benefício do Zona Azul em regiões comerciais, como o centro de Manaus e o Vieiralves, é que as ruas públicas ficam livres para serem utilizadas pelos usuários que precisam estacionar, com a rotatividade a cada três horas. Ou seja, cada usuário só pode ficar até três horas em cada vaga, promovendo assim a rotatividade e democratização do uso das vias públicas.

O comerciante local terá vagas livres para os clientes que procuram os seus estabelecimentos comerciais. Os agentes de trânsito permanecem presentes no local.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email