Aberta a temporada dos temporários no Brasil

Os segmentos do comércio e de serviços devem puxar as contratações temporárias no último trimestre do ano gerando mais 400 mil oportunidades em todo país. A projeção é da Asserttem (Associação Brasileira do Trabalho Temporário). Os números, otimistas, se confirmados, devem trazer alento para a fatia dos mais de 13 milhões de desempregados que procuram oportunidade no mercado de trabalho conforme dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

“Com a proximidade do Natal, o comércio abrirá muitas vagas temporárias. Assim, quem está desempregado deve ficar atento a essas oportunidades que vão surgir”, afirma o presidente da entidade, Marcos Abreu. “A grande dica para o trabalhador é procurar uma agência de Trabalho Temporário. No site da Asserttem ele consegue ter acesso à lista de agências associadas e registradas no Ministério da Economia, divididas por Estado”, completa.

De acordo com ele, por meio do Trabalho Temporário, o trabalhador pode adquirir mais conhecimentos e ter novas experiências no mercado, o que potencializa sua recolocação em uma eventual vaga permanente. “Neste período de pandemia, estimamos que 20% dos trabalhadores temporários serão efetivados. É um número bastante expressivo”, frisa o presidente da Associação.

Antonia Muniz, que atua na Diretoria Administrativa da ABRH (Associação Brasileira de Recursos Humanos) seccional Amazonas, lembra que anualmente nos meses de novembro e dezembro o comércio e empresas do PIM projetam suas metas produtivas de fim de ano. “É neste momento que os trabalhos temporários aumentam e contribuem com a empregabilidade.O que é mais importante, ver uma família com trabalho temporário ou permanecer sem emprego principalmente na época de Natal?”. 

Conforme a especialista, talvez o índice não alcance 2019, mas a expectativa é de superar os últimos três meses impactados pela pandemia. 

“Com certeza será uma alternativa saudável para ambos os lados. De repente o cenário muda e pode deixar de ser temporário. Tudo depende da economia brasileira. Para quem busca ser efetivado uma das dicas é procurar obter novos conhecimentos, ser proativo, prestativo e disciplinado no trabalho”. 

Dados

Entre os 10 Estados brasileiros com maior participação na geração de vagas de trabalho temporário, no ano passado, o Amazonas ocupou a 4ª colocação, gerando cerca de 26.333 vagas formais por meio do trabalho temporário no último quadrimestre de 2019.

Em dezembro de 2019, a projeção da Associação era gerar 160.390 vagas de trabalho no temporário no Amazonas. Das 570.071 previstas para o último quadrimestre do ano.Já o comportamento das contratações temporárias no último trimestre de 2019 foi equivalente ao deste ano. “Os resultados do Trabalho Temporário em 2020 têm sido surpreendentes. Lembrando que o número de 406.601 vagas temporárias para este último trimestre de 2020 é uma projeção”. 

Último trimestre 2019 cerca de 436.795 oportunidades foram oferecidas. Embora a entidade não possua recorte por Estados, os Estados estão seguindo uma tendência nacional. 

Para 2020, a associação projeta um aumento de 28% nas contratações de trabalhadores temporários em relação ao ano passado. Lembrando que, neste ano de pandemia, a Indústria que está puxando as contratações neste 2º semestre.

O presidente da associação, Marcos de Abreu, afirma que no mês de outubro o setor da Indústria tem estimulado o modelo de contratação para suprir a alta demanda do mercado, sendo que os principais segmentos que buscam reforços de trabalhadores temporários são: Alimentos, Farmacêutico, Embalagens, Metalurgia, Mineração, Automobilístico e Agronegócio.

Para o presidente, o período de pandemia criou uma situação de insegurança e emergência nas empresas e o Trabalho Temporário é a melhor modalidade de contratação para este cenário, já que pode ser utilizada como solução por diversos setores e qualquer nível de ocupação, o que favorece o crescimento.

Por dentro

Neste contexto, o Trabalho Temporário -no formato da Lei Federal 6.019/74 e do Decreto nº 10.060/2019 -ganha destaque por ser uma opção formal de contratação rápida, mais acessível financeiramente, flexível e que garante segurança econômica e jurídica tanto para os trabalhadores quanto para os contratantes.

Assim, o Trabalho Temporário é uma excelente oportunidade para que as empresas consigam atender suas demandas urgentes e emergenciais e para ganharem fôlego durante a retomada, até conseguirem efetivar os trabalhadores novamente.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email