Pesquisar
Close this search box.

Com ações socioambientais, Ardagh Metal transforma negócios e comunidades

Compartilhe:​

O aquecimento global, uma das preocupações mais urgentes do século atual, tem impulsionado uma mudança significativa no cenário empresarial brasileiro. Uma pesquisa realizada, em novembro de 2023, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) revelou que a maioria das empresas do país está implementando medidas concretas para mitigar seu impacto ambiental.

Segundo o levantamento, conduzido com empresários de todo o território nacional, 89% das empresas industriais já adotam estratégias para reduzir a geração de resíduos sólidos. Além disso, 86% delas estão empenhadas em otimizar o consumo de energia, enquanto 83% priorizam o uso sustentável da água em suas operações.

A pesquisa identificou ainda um rol de nove ações voltadas para promover a sustentabilidade ambiental na linha de produção. De maneira encorajadora, constatou-se que 36% das indústrias consultadas estão engajadas em implementar entre cinco e seis dessas medidas, enquanto 22% estão adotando de sete a oito delas.  Apenas uma pequena parcela, representando 3% das empresas industriais, não implementa nenhuma medida voltada para a sustentabilidade.

Em Manaus, a Ardagh Metal Packaging é exemplo de empresa que investe em práticas sustentáveis que beneficiam a comunidade, meio ambiente e os negócios. Com uma de suas instalações situada em Manaus, a indústria se destaca como uma líder na fabricação e distribuição de embalagens de alumínio para bebidas. A Ardagh opera em três unidades de produção no Brasil, incluindo fábricas de latas em Jacareí (SP) e Alagoinhas (BA), além, é claro, da unidade de Manaus dedicada à fabricação de tampas.

Além de sua versatilidade e oportunidades de design praticamente ilimitadas, essas embalagens de alumínio são reconhecidas por sua durabilidade, impermeabilidade e inviolabilidade, conferindo-lhes alto grau de segurança para os produtos contidos.

Outro ponto destacado é a sustentabilidade intrínseca ao uso do alumínio. Sendo um material infinitamente reciclável, o alumínio torna-se um componente vital na promoção da economia circular e na proteção do meio ambiente. A capacidade de reciclagem infinita do material não apenas reduz a pressão sobre os recursos naturais, mas também contribui significativamente para a redução do desperdício e a minimização do impacto ambiental.

Atualmente, a empresa se destaca como uma referência em práticas sustentáveis em Responsabilidade Social. Elisângela Matos (foto), diretora de Sustentabilidade, comenta que a empresa segue alguns pilares para que as ações sejam coordenadas e surtam resultados positivos ao entorno. “A Ardagh Group possui três pilares de sustentabilidade que integram a política ambiental e social da companhia, que são: minimizar nossas emissões, evitando gases de efeito estufa; reduzir nosso impacto ecológico; e apoiar nossas pessoas e as comunidades onde estamos presentes”, explica.

Outra medida de sustentabilidade é o projeto “Aterro Zero”, que revolucionou o tratamento de resíduos na fábrica, eliminando a geração de lixo destinado aos aterros sanitários. “Isso envolveu um trabalho amplo de mudança cultural junto aos colaboradores”, destaca.

Além disso, a empresa está empenhada em promover eficiência energética, reduzindo as emissões de CO2 e o consumo de energia. Fora as iniciativas dentro das fábricas, a Ardagh investe na comunidade. Em 2023, lançou o projeto “Ardagh para a Educação” em Manaus, levando o ensino de robótica e STEM para alunos das escolas públicas, incluindo a escola indígena Ari Waimi.

Dentre várias ações, uma das mais recentes foi a revitalização das carroças dos catadores da Ascarman. “Realizamos ainda oficinas sobre Saúde, Segurança e Primeiros Socorros para os catadores e entregamos a eles Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) como luvas, botas e calças”, acrescenta.

(FOTO)

Empresa do Acre lança barra de chocolate com farinha de Cruzeiro do Sul

Se tem uma coisa que o acreano ama é a farinha de Cruzeiro do Sul no prato, mas a iguaria ganhou outro nível de importância no Acre por ser o primeiro produto do estado a receber o selo da Indicação Geográfica (IG) do Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (Inpi). Trata-se de um chocolate que une o cacau e a farinha em um mesmo produto, e está sendo chamado de “O Acre Existe”. O item apresenta duas variações do chocolate, com concentrações de 40% e 50% de cacau, e a farinha entra para dar aquela crocância singular ao produto final. A empresa responsável pelo desenvolvimento do chocolate é a Além do Cacau, que segue um plano de expansão e pretende iniciar operação no Paraná em abril. Cada barra do chocolate possui 40 gramas e o lançamento ocorreu na terça-feira (12) no Acre. Parte superior do formulário

Ovo de Páscoa: criatividade ou esquisitice?

Ano após ano, a Páscoa traz consigo sempre uma novidade em relação aos ovos, que, longe de serem apenas de chocolate, podem surgir em versões doces, salgadas e outras peculiaridades, como nos sabores cerveja, caipirinha etc. E a internet é um  vasto campo para relembrar a criatividade do brasileiro. No Piauí, as versões de ovos de Páscoa já incluíram cuscuz, cupuaçu, coxinha, empada e sushi vegano. Mas, não acaba por aí não. Ovo de sorvete, de empadão, pudim, açaí e até mesmo de bacalhau são encontrados na rede. E se você torceu o nariz para essas opções, pode optar pelo ovo de queijo brie ou ovo com bacon. Em Manaus, o Pátio Gourmet lançou sua linha própria de ovos e emplacou o ovo de pistache!

Todo esforço é válido para aproveitar o aquecimento do mercado diante dessa importante data e aumentar as vendas dos comerciantes, conquistando e agradando a todos os paladares. Este ano, as empresas associadas à Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab) apontam um crescimento de 17% na produção de ovos de Páscoa em relação a 2023. Serão disponibilizados 58 milhões de unidades nas prateleiras de estabelecimentos e lojas virtuais de todo o país.

RÁPIDAS & BOAS

O Head de Desenvolvimento de Negócios do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (INDT),  Marx Menezes, é um dos palestrantes do Startup Day, promovido pelo Sebrae Startups e cocriado com o ecossistema de inovação, que acontece, simultaneamente, em todo o Brasil, neste sábado (16/3), das 13h às 18h20. Em Manaus, será realizado no SebraeLab, na Avenida Leonardo Malcher, nº 924, Centro.

**************************************************

A Microsoft, em parceria com a comunidade de mulheres na tecnologia WoMakersCode, está com inscrições abertas para a 3ª edição do Girls Power. O programa de mentoria tem como objetivo capacitar mulheres em Fundamentos de Programação Low Code/No Code (baixo ou pouco código) em Power Platform. As interessadas podem se inscrever para as 5 mil vagas disponíveis até o domingo (17/2), pelo link (https://encurtador.com.br/cjwD8).

**************************************************

Estão abertas até a terça-feira (19/3) as inscrições para o Curso Avançado à Distância de Marcas, Desenhos Industriais e Indicações Geográficas – DL 302P BR, que se destina a fornecer material online sobre aspectos de PI relacionados ao comércio e à concorrência em um mercado globalizado. Informações e inscrição estão disponíveis no link (https://encurtador.com.br/epOR6).

**************************************************

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, da Universidade Federal do Amazonas (Propesp/Ufam), está com inscrições para o Exame de Seleção de candidatos para ingresso no 2° Semestre de 2024, no curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Informação e Comunicação (PPGIC), referente ao Edital n° 07/2024. As inscrições podem ser feitas até a sexta-feira (22/3), pelo formulário disponível pelo link (https://www.ppgic.ufam.edu.br/).

Cristina Monte

Cristina Monte

Cristina Monte é articulista do caderno de economia do Jornal do Commercio. Mantém artigos sobre comportamento, tecnologia, negócios.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar