18 de maio de 2021

Vagas de estágio têm alta no Amazonas

A região Norte está seguindo a tendência nacional em relação ao número de oportunidades de estágio e aprendizagem. O primeiro bimestre de 2021 registrou o maior patamar de abertura de vagas (estágio mais aprendizagem) desde o início da pandemia. Entretanto, na comparação com o 1º bimestre de 2020, registrou queda de 44%. Já em relação aos últimos dois meses de 2020, tivemos crescimento de 74,1%. O levantamento é do Ciee (Centro de Integração Empresa-Escola).

No âmbito nacional, o número  cresceu 28,1% no 1º bimestre de 2021, comparado ao 4º bimestre de 2020. No período, as vagas chegaram ao patamar de 26 mil/mês, o maior desde o início da pandemia. Entretanto, o índice é 37,1% menor em comparação aos dois primeiros meses de 2020, quando o país ainda não tinha sido impactado pela pandemia do novo coronavírus.

Nos dois primeiros meses de 2021, o Estágio registrou crescimento de 30,2% em relação ao 4º bi de 2020. Apesar da recuperação, o índice é 41,8% inferior em comparação ao mesmo período do ano passado. O programa de Aprendizagem segue a mesma tendência. Em relação aos últimos meses de 2020, cresceu 21,9%, e teve retração de 16,1% em comparação ao 1º bi de 2020.

Segundo Marcelo Gallo, superintendente Nacional de Operações do Ciee,  a retomada da abertura de oportunidades ainda é lenta, mas tem sido constante. “No início deste ano, alcançamos os maiores patamares de vagas abertas, tanto de estágio como de aprendizagem, mas ainda estamos longe dos níveis pré-pandemia”, afirma.

A maior demanda em relação às oportunidades é no período sazonal que geralmente ocorre no início e no fim do ano. Cláudio Ferreira, supervisor do Ciee em Manaus, diz que ao considerar os desafios no período da pandemia neste processo de engajamento dos jovens ao mercado de trabalho, ele diz que o candidato  precisa estar conectado nas redes sociais fazendo cursos, estabelecendo metas tendo uma disciplina de ter um grande diferencial competitivo. “Nós damos uma grande dica para o estudante: ele pode entrar no próprio portal do Ciee. São  mais de 35 cursos totalmente gratuitos na nossa plataforma com acesso aos conteúdos  que vão facilitar para que ele tenha maior disponibilidade de participar da seleção de uma vaga com um grande diferencial. Nós temos um curso que dá todas as dicas de como ele participar de um processo seletivo, organizar o seu ambiente se for fazer uma videoconferência. Todas essas dicas e cuidados são muito  importantes para que ele possa se destacar e ser facilmente contratado”.

Em Manaus, o mercado está bem aquecido as empresas começaram a abrir muitas oportunidades em muitos segmentos tanto no comércio, serviço e principalmente na indústria “Isso é um dado relevante” e que dá um expectativa muito positiva “para que possamos concluir o ano de 2021 com muitas oportunidades”, complementa o  supervisor do Ciee em Manaus, Cláudio Ferreira. 

Alternativa promissora 

A consultora de Gestão Estratégica Luciana Nogueira Minev divide em dois grupos a dinâmica de contratação nas empresas.  De um lado, as empresas estão mais antenadas com as tendências mundiais e fazem processos mais dinâmicos a fim de levantar aspectos como valores pessoais, propósito e aspirações. “Esse grupo avalia capacidade de entrega mas não se atém a áreas específicas de formação. Se importa com o que o estágio sabe fazer ou pode aprender a fazer. Esse grupo de empresas busca estagiários que construirão a nova geração de gestores e portanto busca pessoas proativas”. 

No outro, as empresas mantêm o mesmo processo de seleção dos últimos 20 anos. Busca estagiários com formações específicas, aplica testes e foca na capacidade técnica. “Tem menos foco em fit cultural e busca manter o status que esse segundo grupo por vezes busca estagiários como forma de reduzir custos apenas”. 

Segundo ela, é uma excelente oportunidade para ambos: estagiário e empresa. Para o estagiário é uma forma de ganhar conhecimento e experiência ainda durante a graduação. Para as empresas é uma forma de ter profissionais ainda em formação dentro de casa e poder ter uma injeção de novidades ao mesmo tempo que pode treinar o estagiário no estilo de ser da empresa.“Na nossa empresa, temos uma estagiária que é acadêmica de economia e que programa em Python. Ela está trabalhando em nosso banco de dados”.

E reforça que o estágio é um salto para contratações mais sólidas, tanto na  empresa que o jovem está estagiando quanto para as de fora. “Foi-se o tempo que o estagiário era quem imprimia documentos e servia cafezinho. Existe uma capacidade de inovação muito grande no entre esses jovens”. 

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email