David Almeida (Avante) não é bem um político novo, nem na idade (tem 51 anos), nem no tempo de vida pública (já são 14 anos desde a primeira eleição), mas sua geração sucede àquela que surgiu no final da década de 70 e nos anos 80, da qual um dos principais expoentes é o prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB), que se despede da Prefeitura de Manaus depois de encerrar seu terceiro mandato, o segundo consecutivo. É uma transição importante, até mesmo em função da idade da turma que veio antes. O tucano é contemporâneo de Amazonino Mendes (Podemos). Os dois são sucessores de Gilberto Mestrinho, que inaugurou a era da redemocratização. Dificilmente conseguirão outro mandato majoritário. Já o novo mandatário tem a missão de provar que pode ser melhor do que os governantes dos anos 90 e 2000, entre eles Eduardo Braga (MDB) e Omar Aziz (PSD). Wilson Lima (PSC) inaugurou a fase da chamada “nova política”, sem tanto sucesso agora. David pediu a bola e está de posse dela a partir de agora.

CRECHES

Um dos maiores avanços da gestão de Arthur, em oito anos, foi a educação básica, que saltou do 23º lugar para figurar entre as 10 melhores no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. E, dentro desse avanço, a construção de creches teve destaque. Em um de seus últimos atos, inaugurou a creche municipal Magnólia Pessôa Figueiredo, situada no bairro Tarumã, zona Oeste, a 24ª da cidade.

pauderney

O VENCEDOR

O ex-deputado Pauderney Avelino (DEM) venceu uma queda de braço ferrenha contra o grupo mais próximo do prefeito David Almeida, para ocupar a Secretaria Municipal de Educação. Não foi fácil, porque havia também uma grita popular contra a nomeação. O novo chefe do Executivo decidiu bancar a escolha, por entender que o aliado vai dar a resposta que a sociedade espera.

VIVINHO

O ex-governador Amazonino Mendes (DEM) foi alvo de nova boataria, deslanchada por um conhecido site de Manaus, que dedica espaço generoso a “fake news”. Segundo a publicação, ele estaria mal de saúde, em estado grave, em hospital paulista. Ledo engano. Aos 81 anos, o veterano político ainda planeja inclusive disputar a próxima eleição para governador ou senador.

VETO

Em um dos últimos atos da gestão, Arthur Virgílio Neto vetou, em sua totalidade, o projeto de Lei nº 280/220, aprovado pela Câmara Municipal de Manaus, que revisava o limite e prejudicava a Área de Proteção Ambiental Floresta Manaós, que engloba a região do campus da Universidade Federal do Amazonas, no bairro Coroado, zona Leste de Manaus.

RECOMENDAÇÃO

Para evitar que os pacientes com novo coronavírus (Covid-19) cheguem às unidades de urgência e emergência da rede estadual com o quadro clínico agravado, a Secretaria de Estado de Saúde alerta a população sobre a importância do diagnóstico e tratamento precoce da doença. Por isso, aos primeiros sintomas, orienta que a população procure a Unidade Básica de Saúde mais próxima.

REPRESENTAÇÃO

O Comitê Amazonas de Combate à Corrupção e ao Caixa Dois Eleitoral ingressou com representação no Ministério Público do Estado do Amazonas para impedir a decisão da Câmara Municipal de Manaus, que reajustou os subsídios dos futuros vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários, na última segunda-feira 21/12.

PRORROGAÇÃO

A Corregedoria-Geral de Justiça do Amazonas (CGJ/AM) prorrogou, até ulterior deliberação, as regras para funcionamento e atendimento dos cartórios e demais serventias extrajudiciais do Amazonas durante o período de pandemia. Determinados em junho deste ano, os protocolos para evitar a disseminação da covid-19 valeriam até o dia 31 de dezembro, no entanto, foram prorrogados por tempo indeterminado.

DESAFETOS

Não convidem para sentar à mesma mesa o governador Wilson Lima e o presidente eleito da Assembleia Legislativa, Roberto Cidade (PV). Os dois andam se estranhando diariamente. As ameaças de lado a lado se tornaram frequentes e cada vez mais duras nos últimos dias. A possibilidade de entendimento é cada vez menor.

FRASES

“Colocar a educação nas mãos de ficha suja não é bom.” José Ricardo (PT), deputado federal, sobre a escolha do ex-deputado Pauderney Avelino (DEM) para ser o novo secretário municipal de Educação de Manaus

“Eu não sou petista para ser ficha-suja.” Pauderney Avelino (DEM), novo secretário municipal de Educação de Manaus, respondendo a José Ricardo (PT)

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email