Setor fatura R$ 363 milhões no Amazonas

Com faturamento de aproximadamente R$ 363 milhões no ano passado, o setor atacadista do Amazonas lidera o ranking da região Norte pela segunda vez consecutiva, apesar da retração de quase 6% em relação a 2006, quando obteve mais de R$ 386 milhões.
A evolução do mercado local, divulgada recentemente no boletim da Abad/Nielsen 2008, aponta ainda as 34 maiores empresas dos sete Estados do Norte que somaram, durante o ano passado, a receita total de R$ 1,05 bilhão no ano passado.
O levantamento chama atenção para o ranking do maior faturamento na região Norte, na qual o Mercantil Nova Era com a receita de R$ 279 milhões manteve a posição de líder pela segunda vez consecutiva, apesar da retração de 8,4% sobre o resultado de 2006 (R$ 294 milhões).
O presidente da Abad (Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores), Geraldo Eduardo Caixeta, disse que depois de registrar aumentos importantes nas áreas de armazenagem e venda, bem como nos quadros de colaboradores, o setor atacadista distribuidor deve concentrar os investimentos na qualificação e modernização do pequeno e médio varejo, seus principais clientes. “A região Norte ainda tem bastante espaço para crescer. As empresas atacadistas distribuidoras que souberem aproveitar as oportunidades, investirem da forma certa, melhorando a operação logística, de vendas e do serviço prestado aos clientes, poderão colher bons frutos nos próximos anos”, assegurou.
Mas o setor atacadista local, apesar de estar em franca expansão, possui características especiais que podem estar relacionadas com o bom desempenho das líderes do ranking. Segundo o gerente comercial do Mercantil Nova Era, Marcelo Gastaldi, ao entrar para o segmento, toda empresa deve estar atenta à administração das margens, dos custos e da gestão operacional, que são completamente diferentes em relação à de outras regiões.
“Quando uma empresa entra em contato com o segmento, é preciso conhecer a cultura do negócio, entretanto o mercado amazonense tem espaço para todos. No nosso caso, o atacado de auto-serviço é visto como uma grande alternativa de abastecimento que as grandes redes de varejo procuram para continuarem a crescer”, afirmou Gastaldi.

Linha de
atuação
O gerente do Nova Era explicou também que a empresa traçou linhas de atuação junto aos clientes exclusivos, como a Nestlé, buscando manter a liderança pelo terceiro ano consecutivo. “Estamos nos especializando cada vez mais para aumentar as chances de consolidação e de concentração em um segmento de mercado no qual, descontando-se a hegemonia do líder Makro, o faturamento ainda é bastante pulverizado e com espaço para empresas de todos os tamanhos e que atendem a todos os tipos de clientes”, ressaltou o empresário.

Mercado local está em franca expansão

O contexto de crescimento do setor atacadista no Amazonas parece de fato ter marcado a economia no ano passado, já que além do Mercantil Nova Era, o Makro anunciou crescimento de 8,2% para um lucro líquido de R$ 92,3 milhões. Além disso, segundo o diretor regional para o Norte e Nordeste do Makro, Dante Proveti, o setor respondeu por um faturamento que superou os R$ 4,6 bilhões em nível nacional, representando um aumento de 8,2% em relação a 2006.
Proveti assegurou que as vendas líquidas da rede cresceram 9,2% em relação a 2006, atingindo volume total de R$ 4 bilhões e o lucro líquido de R$ 92,3 milhões. Já os investimentos de expansão totalizaram R$ 71,8 milhões, aplicados na abertura das unidades Manaus Moderna, Caruaru (PE), Piracicaba (SP) e Foz do Iguaçu (PR) e na reforma e modernização de oito lojas menores.
“Manaus vem respondendo bem aos investimentos efetuados, por isso consideramos essa capital uma das praças mais importantes para os negócios da empresa. Um exemplo disso, é o fato de termos dobrado o número de clientes cadastrados no ano passado”, asseverou o executivo, acrescentando que a expectativa das duas unidades do Makro em Manaus para este ano se volta para uma expansão

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email