SENAI AM participa do Impulsiona com a Label Group

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Amazonas), por meio de parcerias, abre oportunidades para empresas, de todos os portes, em soluções tecnológicas. A instituição desenvolve iniciativas na sensibilização e mobilização da indústria para a inovação e neste mês implementa o programa Impulsiona.
O programa surge da parceria entre Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), SENAI Paraná e SENAI Amazonas, para incentivar a cultura da inovação na indústria, no setor administrativo e produtivo, nas ferramentas e maquinários, e na metodologia de gerir o empreendimento industrial, tornando a indústria brasileira mais competitiva, produtiva e diferenciada.
As empresas contempladas na 1ª ação do Impulsiona foram Renault, Grupo Enel, Belgo Bekaert e Label Group AM. Cada uma dessas empresas lançou seus desafios e qualquer organização, grupo de pesquisa, empreendedores e startups podem participar.
As empresas interessadas devem encaminhar suas respostas sobre os desafios até 31 de julho do ano corrente. As quatro empresas âncoras vão avaliar os projetos enviados, ponderando quanto à relevância mercadológica, grau de inovação, viabilidade técnica e econômica, e a referência prévia de uso.
Os desafios estão descritos na plataforma http://inovemaispr.com.br/impulsiona. A Label Group, empresa instalada no Polo Industrial de Manaus (PIM) e formada por empresas especializadas em serviços de impressão, lançou o desafio de “como substituir os adesivos à base de petróleo através de um processo sustentável, utilizando resinas naturais encontradas na flora regional da Amazônia?”.
A Label Group tem em seu portfólio a confecção de adesivos à base de petróleo, o que acarreta custos mais elevados e menos sustentável com relação ao processo produtivo limpo para o meio ambiente. Entre os requisitos técnicos estão: aderência com papel offset/couche, BOPP, PET, PE, vinil; espessura de 0,05mm e 0,10mm; temperatura mínima de aplicação -20°C; coloração transparente ou verde e fixação permanente.
Para o diretor técnico da Label, Daniel Leão, a expectativa de encontrar uma ideia inovadora por meio do programa Impulsiona é grande. “Nossa demanda é por um adesivo natural, inovador e que atenda às questões de sustentabilidade ambiental. Ao lançar o desafio pretendemos ser mais competitivos com nossos produtos”, declarou Leão, revelando que a Label atua no mercado local há 15 e conta com 300 trabalhadores.
A equipe de consultores do SENAI Amazonas atuará no incentivo à inovação aberta como metodologia de engajamento e geração de novos negócios, modelo esse compartilhado pelo SENAI Paraná. As empresas que tiverem suas ideias contempladas pelas empresas âncoras vão passar pelas Rodadas de Negócio: Inovação na Cadeia Produtiva e Rodada de Inovação Tecnológica.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email