16 de maio de 2021

PUBG promove live para arrecadar doações para hospitais do Amazonas

No último dia 14, a situação da saúde entrou em colapso no Estado do Amazonas, com uma capital sem estoque de oxigênio e doentes sendo transferidos para outras localidades. O caso levantou muitas preocupações, e mobilizou o país. E, tendo em mente esse acontecimento, a PUBG Corp anunciou a ação “Somos um Squad”, com a realização de uma live beneficente nesta sexta-feira (22), às 15h. O objetivo é arrecadar doações para aquisição de cilindros de oxigênio, que auxiliarão no atendimento de pacientes em Manaus.

A PUBG Corp é responsável pelo Player Unknown ‘s Battlegrounds (PUBG), game multiplayer de sucesso do gênero battle royale. A live aconteceu no canal do streamer aXt na Twitch, com participações de esportistas eletrônicos Ivanzito, Afrodite_XX e Thaina_. Basicamente, o valor arrecadado será doado para a instituição BoraAjudar, que tem atuado diretamente na coordenação e aquisição de cilindros de oxigênio para os hospitais do Amazonas.

“Em um momento de crise como esse, quando a vida das pessoas está em risco, toda ajuda é bem-vinda. Nossa intenção é oferecer alguma ajuda nesse momento tão complicado, doando todo o valor arrecadado na live para auxiliar na compra de cilindros de oxigênio”, comentou Gabriel Soto Bello, gerente de Comunidade do PUBG Brasil. Vale ressaltar que os interessados em ajudar poderão doar diretamente na Twitch pelo canal do aXt durante a realização da apresentação.

Entenda o que está acontecendo em Manaus

O que acontece é que a média móvel de óbitos em decorrência da Covid-19 cresceu nada menos que 183% no Amazonas. O número de internações chegou a 2.221 entre os dias primeiro e 12 de janeiro. Até então, o maior índice havia sido registrado em abril do ano passado, com 2.128 pacientes internados.

Na quarta-feira (13), a demanda por oxigênio em hospitais públicos superou em mais de 11 vezes a média diária de consumo. Na rede privada, as equipes também enfrentaram dificuldades de abastecimento. Na quinta (14), o estoque de cilindros acabou em inúmeras unidades de Manaus. Médicos relataram, na ocasião, que pacientes internados chegaram a morrer por asfixia.

Os pacientes com casos moderados da infecção tiveram que ser transferidos para outros hospitais, enquanto outros aguardaram a reposição do estoque de oxigênio. Na sexta (15), uma aeronave da Força Aérea Brasileira chegou a Manaus com seis cilindros de oxigênio líquido, o que equivale a mais de 9 toneladas de carga.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email