Pandemia acelera transformação de farmácias em hubs de saúde

Em 5 de agosto é celebrado o Dia Nacional da Farmácia. O setor surgiu ainda no século X, quando drogarias eram chamadas de ‘boticas’. Naquela época, farmácia e medicina eram uma só profissão, o que mudou com o tempo. Hoje, com a crise sanitária provocada pela Covid-19, a população se aproximou ainda mais das drogarias. O cenário provocou mudanças na estrutura e no funcionamento desses espaços, transformando-os em verdadeiros ‘hubs de saúde’, onde são oferecidos não apenas medicamentos, mas uma série de serviços voltados ao bem-estar do paciente, como a aplicação de vacinas e realização de exames laboratoriais remotos.

“As farmácias assumiram um papel muito importante na pandemia. Foram ponto de apoio com testes rápidos para a Covid-19 autorizados pela Anvisa. Além disso, atuaram fortemente no sentido de educar a população a respeito das medidas preventivas contra o coronavírus”, comenta Eduardo Donini, supervisor farmacêutico do Grupo Tapajós, detentor das redes Santo Remédio, FarmaBem e Flexfarma.

Essa evolução nos serviços de drogarias está prevista na Lei Federal 13.021, de agosto de 2014, que reconhece as farmácias como estabelecimentos de saúde e confere autonomia técnica a profissionais farmacêuticos para uma série de atendimentos.
“Muitas farmácias já oferecem mais de 20 opções de testes rápidos para a população. Dentre eles, podemos destacar os testes rápidos de Covid-19, além dos testes para rastreamento da saúde, como Perfil Lipídico, Hemoglobina Glicada, PSA (próstata), Beta- HCG (gravidez), Arboviroses (ex.: Zika e Dengue) e outros”, afirma Eduardo Donini.

Farmácia do futuro em Manaus

Segundo a Associação brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), o futuro do segmento é pautado por esses novos atendimentos em saúde. A entidade prevê que as redes associadas abram 900 novas farmácias só em 2021. Destas unidades, a maioria com atendimentos que vão além da venda de remédios.

Um exemplo de que esse futuro já está presente em Manaus é Flagship Store Santo Remédio, inaugurada em abril pelo Grupo Tapajós. O estabelecimento fica no bairro Ponta Negra, zona Oeste da cidade. Por lá, é possível encontrar serviços de beleza, como coloração e hidratação capilar, e até atendimento especializado com nutricionista no espaço ‘saudabilidade’, com foco em linhas de produtos veganos, orgânicos, light, diet e sem glúten.

Em outras unidades da Santo Remédio, na capital do Amazonas e em outras capitais do Norte, há também os espaços ‘Farma Clinic’, que permitem desde consulta farmacêutica à realização de diversos exames, dentre eles, os principais do mercado para covid-19. O mesmo acontece com os espaços ‘Cuidar Bem’, da rede FarmaBem, que também oferecem consulta farmacêutica e exames diversos.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email