Nacional Futebol Clube completa 108 anos como orgulho regional

Neste dia 13 de janeiro, o Nacional Futebol Clube, o Leão da vila municipal, completa 108 anos. O time, em 1913, inovou ao aceitar somente jogadores nascidos no Brasil, até então os clubes tinham ou só atletas britânicos ou um misto dos dois. O primeiro nome do time foi Eleven Nacional, mas mudou para Onze Nacional e finalmente para Nacional Futebol Clube.

Clube da vila municipal inovou por aceitar somente jogadores brasileiros em 1913

Hoje o clube possui 43 títulos estaduais, além da consagração em campo vencendo campeonatos nacionais e internacionais, como a copa do Rei Hassan em Marrocos no ano de 1984. É o maior ganhador do Campeonato Amazonas.

Presente do Rei Hassan de Marrocos ao Nacional 

Clube tradicional da cidade de Manaus, nas cores azul, amarelo e branco que tem o brasão de águia polonês como seu símbolo, além da figura do leão com mascote do time, que já destacou nacionalmente jogadores como Toninho Cerezo, Paulo Isidoro, sendo que ambos jogaram na seleção Brasileira, além de França, Pifó, Helinho, Marcão, o radialista Zezinho Bastos, Sérgio Duarte que foram para Portugal. O time também recebeu craques como Dario Dadá Maravilha e Edu.

Torcedores manauaras fiéis ao clube fizeram homenagens exclusivas para o Jornal do Commercio exaltando a paixão e história do time.

“Naça meu filho, Nasça!”

Tirson Benarrós, empresário, proprietário do curso de pré-vestibular Alpha, traz da família a paixão pelo clube, surgindo com os avós, pai, e passando para seus filhos. tanto que as cores da empresa são o amarelo, azul e branco em homenagem ao Nacional. Segundo conta, quando nasceu sua mãe disse: “Naça meu filho, nasça!”.Confira

“Teu glorioso pavilhão”

Erik Lorenzzo, advogado, fiel torcedor do clube influenciado pelo tio, o saudoso Marcos Paiva Marinho, que foi revelado pelas categorias de base do time, acompanha sempre o Nacional em suas campanhas, acreditando no fortalecimento do “Leão da vila municipal” em seus 108 anos de história e glória . Confira.

Tirson Benarrós e Erick Lourenço têm a mesma paixão: o Leão de Aço

Herança de Família

O Juiz Luís Cláudio Chaves, filho do histórico dirigente do Nacional, Manoel do Carmo Chaves, que hoje tem 76 anos, conhecido como Maneca, lembrou em uma rede social que o pai foi capitão do clube e artlheiro na década de 60. Maneca é considerado um dos maiores presidentes do clube, levando o time a ser conhecido no Brasil.

Luís Claúdio Chaves e o pai Maneca

Missões ousadas em 2021

Alan George, goianiense de 48 anos, foi contratado pelo Nacional em janeiro deste ano para assumir como técnico o time azulino na temporada de 2021. É a segunda passagem de pelo clube, tendo em vista que em 2016 atuou na equipe como auxiliar técnico. Alan George gravou um vídeo parabenizando a equipe pelos 108 anos. 

Neste ano de comemoração dos 108 anos, o Nacional apostou em novas contratações para dar ao torcedor as alegrias do passado, como o goleiro gaúcho Adrian Serpa, e ainda o preparador físico Selsimar Maciel, o meia Flamel, e o zagueiro Anderson Bandeira, a direção do Nacional deve divulgar, através do Presidente em exercício Samir Abinader o elenco completo até o dia 18 de janeiro. 

Nacional completa 108 anos

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email