INVESTIGAÇÃO – MP acusa Vanessa de empregar ‘fantasmas’

O Ministério Público Federal instaurou inquérito civil para apurar suposta fraude ocorrida no gabinete da então deputada federal Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM). Segundo denúncia, o gabinete da parlamentar teria empregado “funcionários fantasmas”, ou seja, pessoas que são cadastradas como funcionárias da Câmara, mas que efetivamente não trabalhavam. Atualmente, Vanessa Grazziotin é senadora da República.
A Portaria nº 5, de 7 de janeiro de 2013, foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (11). A prática, se comprovada, é enquadrada como crime de improbidade administrativa, que gera prejuízo ao erário e enriquecimento ilícito. Se condenada, a parlamentar pode responder a processo e até perder o mandato.
Em 2012, Vanessa Grazziotin disputou a prefeitura de Manaus, mas foi derrotada por Arthur Neto (PSDB). Um ano antes, ela foi eleita senadora pelo estado do Amazonas e tem mandato até 2019.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email