Índice de preços para inflação semanal diminui ritmo nas capitais, informa FGV

O IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor Semanal) diminuiu em seis das sete capitais pesquisadas pela FGV (Fundação Getulio Vargas), na segunda prévia em junho.
Na média, a queda foi de 0,04%, ficando 0,25 ponto percentual abaixo do indicador anterior, de 7 de junho. A queda mais intensa foi verificada em Salvador, cuja taxa passou de 1,01% para 0,39%.
O mesmo movimento foi registrado em Brasília, cuja taxa passou de 0,37% para 0,22%, no Rio de Janeiro (de 0,40% para 0,10%) e em São Paulo (de -0,10% para -0,34%). O IPC-S subiu em Recife, passando de -0,02% para 0,17%.
Na capital paulista, que concentra 60% do indicador, os preços caíram em quatro das sete classes de despesa: alimentação (de -079% para -1,51), vestuário (de 1,19% para 0,95%), saúde e cuidados pessoais (de 0,46% para 0,34%) e habitação (de 0,38% para 0,35%).
Na cidade do Rio de Janeiro, a segunda com maior queda da inflação no período, seis das sete classes de despesas também ficaram mais baixas. Os destaques são os grupos alimentação e vestuário, cuja taxas passaram de -1,23% para -1,65% e de 2,28% para 1,4%, respectivamente.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email