General Achilles Furlan Neto assume o comando do CMA

O general Achilles Furlan Neto assumiu o CMA (Comando Militar da Amazônia) com a meta de dar continuidade às medidas em defesa da Amazônia Ocidental que abrange os Estados do Amazonas, Acre, Roraima e Rondônia. O militar avalia que a rica biodiversidade da Região Amazônica reúne grandes potencialidades para agregar mais empregos e renda à população, explorando as riquezas naturais de forma sustentável e preservando a floresta.

“Uma região cuja riqueza é tão cobiçada merece uma atenção constante e efetiva das Forças Armadas”, ressaltou Achilles Furlan. Ele substituiu o general Estevam Theophilo que comandou o CMA durante os últimos dois anos.

A solenidade de troca de comando aconteceu nas instalações do CMA, na zona oeste de Manaus, na manhã da última sexta-feira (10), reunindo o comandante do Exército Brasileiro, Paulo Sérgio de Oliveira; o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, hoje secretário de Estudos Estratégicos da Presidência da República; o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante); o governador do Amazonas, Wilson LIma (PSC); o superintendente da Suframa, Algacir Polsin, além de empresários e outras lideranças da sociedade civil e militar.

Natural de Itapira (SP), o general Achilles Furlan exercia o cargo de comandante da 6ª Divisão de Exército, em Porto Alegre (RS). Ele disse estar orgulhoso em receber uma missão tão vibrante e desafiadora na Amazônia.

“Sob a coordenação do comandante Sérgio Oliveira, vou continuar me empenhando junto com a minha equipe para levar o braço forte e a mão amiga do Exército a todos os rincões da Amazônia Ocidental”, acrescentou o general.

O novo comandante do CMA afirmou também que toda parceria com a sociedade civil será bem-vinda. “Estamos preparados para alavancar o desenvolvimento da Amazônia Ocidental com novas empreitadas, reunindo diversos parceiros”, disse.

O comandante Sérgio de Oliveira, que coordena uma operação na região, destacou a importância estratégica da Amazônia para o desenvolvimento econômico e social do Brasil. E disse que as Forças Armadas fazem um trabalho intensivo em defesa das fronteiras, da soberania do País, preservando o meio ambiente e combatendo a criminalidade sob os mais diversos aspectos.

“Tenho certeza de que o general Achilles Furlan terá como prioridade reforçar as ações desenvolvidas pelo general Estevam Theophilo, um trabalho iniciado por outros tantos militares que ocuparam o cargo”, disse o comandante do Exército. “Estamos aqui para reverenciar essas atividades e desejar que o novo comando tenha êxito. É o papel do CMA. É para isso que estamos aqui”, salientou.

Oliveira disse que atuou no Amazonas durante dez anos em trabalhos na região do município de Tefé. Ele enalteceu parcerias do Exército com o poder público local na execução de projetos que só levaram benefícios à população.

“É sempre uma honra voltar a uma região tão rica e importante para o Brasil. A Amazônia sempre será prioridade para o Exército que não medirá esforços em protegê-la”, afirmou ele.

Pandemia

O general Estevam Theophilo destacou a contribuição de sua gestão às medidas de enfrentamento da Covid-19, apoiando inclusive a campanha para aumentar a cobertura vacinal contra o novo coronavírus.

“Só não ampliamos mais o raio das ações do Exército por conta das restrições impostas pela pandemia. Mas apostamos no empenho do general Furlan e de toda a sua equipe para proporcionar mais benefícios à população, marcando a presença dos militares em todas as áreas da Amazônia Ocidental”, disse Theophilo.

O prefeito David Almeida falou sobre o trabalho do ex-comandante do CMA na região. “Espero que a nova direção seja tão exitosa quanto a anterior”, afirmou ele. Almeida disse, ainda, que pretende construir uma ciclovia em Manaus em parceria com o Exército.

Consultado, o general Achilles Furlan disse que a proposta do prefeito é interessante. “Estamos abertos a projetos que sempre levem benefícios à população”, afirmou o novo comandante do CMA.

O governador Wilson Lima (PSC) lembrou da parceria com o Exército Brasileiro para o enfrentamento da pandemia de Covid-19 no Amazonas.

“O general Teophilo representou muito bem o trabalho que esses homens e mulheres desenvolvem na Amazônia, principalmente ali na área de fronteira, onde nós temos os pelotões de fronteira. Durante a pandemia foi um parceiro muito importante”, disse ele.

Na avaliação do ex-ministro Eduardo Pazuello, Furlan terá um papel importante na execução de projetos com foco principalmente nas regiões fronteiriças, onde a presença do Exército é de extrema necessidade. “Temos que manter nossa soberania e também preservar o meio ambiente”, afirmou.

Presidente do grupo Samel, o empresário Luis Alberto Nicolau disse que o general Estevam Theophilo foi fundamental para conter o avanço da Covid-19 no Amazonas. “Desejamos que o novo comandante amplie ainda mais esse trabalho tão importante executado durante a gestão anterior”, disse ele.

Foto/Destaque: Ruan Souza / Semcom

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email