Farmacêutica adota sacolas biodegradáveis

A Medley Indústria Farmacêutica, 4ª colocada no ranking setorial e líder em medicamentos genéricos desde 2002, substitui suas sacolas plásticas pelas produzidas com material biodegradável. Os promotores da empresa distribuirão embalagens biodegradáveis nas farmácias de todo o país até o fim deste ano. O material foi confeccionado com uma mensagem alertando a população sobre a importância da redução do consumo das embalagens e preservação do meio ambiente.

A iniciativa, mais uma vez, demonstra a preocupação da empresa em adotar medidas para diminuir o impacto ambiental de seus negócios. Mesmo com algumas controvérsias quanto à qualidade das sacolas biodegradáveis, a Medley prefere optar pela inovação. “Inovar é uma audácia e a Medley tem a consciência dos riscos. Porém, a empresa ­prefere ­arriscar sendo pró-ativa a se omitir. Acreditamos que a sacola biodegradável é a opção mais acertada diante dos danos causados pelas produzidas em material plástico tradicional,” declarou Andréia Marques Postal, gerente de ­responsabilidade social da companhia.

O material oxi-biodegradável apresenta em sua composição um aditivo que faz com que o plástico seja reintegrado ao meio ambiente entre seis meses e dois anos. São poucas as empresas que já utilizam a sacola biodegradável, estimativas indicam que são produzidas 210 mil toneladas/ano de plástico-filme (utilizado na sacola comum, que demora mais de cem anos para se decompor) no Brasil. O volume representa 10% do lixo no país. As sacolas biodegradáveis, por conta da degradação acelerada, representam economia ao prolongar a vida útil dos aterros de lixo.

Gestão responsável

Desde o ano passado, quando incorporou requisitos da Norma 14001/04 ao seu sistema de Gestão Ambiental, a Medley ampliou os cuidados com o uso racional de recursos naturais. A empresa oferece treinamento ambiental aos funcionários e estimula o envolvimento de todos com a prevenção e mitigação dos impactos ambientais, nas respectivas áreas de trabalho. De acordo com o Relatório de Sustentabilidade e Responsabilidade Social 2006, o único do setor farmacêutico brasileiro elaborado segundo a Diretriz do GRI (Global Reporting Initiative), o investimento da Medley na proteção ambiental cresceu 82,5% desde 2004, ano em que divulgou o seu primeiro balanço social.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email