Faleceu no dia 09 de maio, aos 69 anos, Vânia Maria Tereza Novoa Tadros, professora aposentada do Departamento de História da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), onde atuou entre 1986 e 2001, aposentando-se em 2008.

Vânia, sempre lembrada pelos ex-alunos e colegas, desempenhou grande papel no curso, realizando pesquisas em arquivos e recuperando documentos importantes de nossa História em um período em que os historiadores enfrentavam a desorganização e muitas vezes o desinteresse dos órgãos públicos de interesse histórico.

Tinha Graduação em História pela UFAM (1982-1985), Especialização em Demografia Amazônica pela mesma instituição (1986-1987) e Especialização em Gestão e Administração Universitária pela Universidade Federal de Uberlândia (1991), atuando nas áreas de História da América, circularidades, práticas comerciais no Amazonas e relações inter-étnicas. Em 1986 foi uma das organizadoras da I Semana de História, evento que contou com a participação de mais de 200 professores das redes estadual e municipal de ensino. Durante a realização desse evento, disse o seguinte sobre a forma como a História era vista pela sociedade, uma “matéria decorativa”, e como de fato ela deveria ser compreendida:

“Não é aprender história por história, mas saber que é uma ciência que tem a função social de transformar a sociedade” (Jornal do Commercio, 02/09/1986).

No ano de 1989 intermediou a transferência do gigantesco e valioso acervo documental da empresa J. G. Araújo para o Museu Amazônico, garantindo assim a sua preservação e consulta por várias gerações de pesquisadores. Na década de 1990 foi Diretora da Divisão de Pesquisa e Documentação Histórica do referido museu.

Publicou em 1990 o livro Cem Anos de Imprensa no Amazonas (1851-1950); e em 1991 Amazônia Colonial (1616-1798), ambos em parceria com os historiadores José Ribamar Bessa Freire, Geraldo Sá Peixoto Pinheiro, Francisco Jorge dos Santos, Patrícia Maria Melo Sampaio, Luiz Bitton Telles da Rocha e Hideraldo Lima Costa. Esses trabalhos foram pioneiros nas áreas de História da Imprensa e História Colonial no Estado. Além dos livros, também publicou artigos de História do Amazonas em jornais.

Fica aqui registrada nossa homenagem a essa mãe, professora e historiadora dedicada.

 

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email